PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Rede de leitura Jangada Literária auxilia famílias e pequenos mercados das comunidades

A iniciativa de apoio às comunidades é resultado da parceria com a Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias, o Itaú Social e a Stop Hunger

15:59 | 04/06/2020
O objetivo da Jangada Literária é ajudar famílias que estão sofrendo com a pandemia (Foto: Arquivo Pessoal/Sâmia Alves)
O objetivo da Jangada Literária é ajudar famílias que estão sofrendo com a pandemia (Foto: Arquivo Pessoal/Sâmia Alves)

Para diminuir os impactos da pandemia do coronavírus nas comunidades, a Jangada Literária está auxiliando 1300 famílias que poderão adquirir alimentos e produtos de higiene durante três meses. Em parceria com a Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias, o Itaú Social e a Stop Hunger, a ação disponibiliza um cartão para as pessoas comprarem em pequenos mercados dos bairros próximos.

“A gente recebeu um recurso para apoiar as famílias. Por isso, fizemos um vale alimentação para as pessoas comprarem nos mercadinhos do bairro. A gente está começando a entrega hoje (quinta-feira, 4) e vai até sexta-feira que vem”, afirma Sâmia Alves, articuladora da Jangada Literária.

Leia também | Fotógrafas cearenses se unem para auxiliar mães e famílias afetadas pela pandemia

A partir de um mapeamento, definiram quais famílias iriam ser beneficiadas nas comunidades que têm integrantes da rede cearense. “A princípio, a ideia era ajudar os frequentavam as bibliotecas, mas conseguimos atender mais pessoas”, diz. O projeto foi pensado para dar apoio, principalmente, às mulheres autônomas que chefiam seus familiares.

No valor de R$150 mensais, os beneficiados poderão adquirir recursos básicos durante junho, julho e agosto. Para Sâmia Alves, as bibliotecas comunitárias têm a missão de garantir os direitos. Por isso, existe a necessidade desses equipamentos buscarem formas de ajudar durante a pandemia.

Leia também | Leilão de itens de artistas arrecada fundos durante a pandemia

Entre as 11 bibliotecas que integram o coletivo Jangada Literária, estão a Literateca e a Leônidas Magalhães. O objetivo da associação é promover o acesso ao livro como direito humano. Para doar diretamente à rede, é possível entrar em contato pelo número: (85) 98810-5786.

Leia também | Edisca faz campanha para ajudar famílias de alunos