PUBLICIDADE
Noticia

Virada Sustentável leva programação para o Parque do Cocó neste sábado

Na tarde deste sábado, 23, o Parque do Cocó recebeu parte da programação do festival com oficinas, exposições, espetáculos circenses, performances artísticas e shows. Artista baiana Larissa Luz se apresenta a partir das 19 horas

23/11/2019 17:33:35
Douglas Mesquita e André Moura esperam o show de Larissa Luz
Douglas Mesquita e André Moura esperam o show de Larissa Luz (Foto: Bárbara Bezerra)

Quem escolheu o final de tarde para aproveitar a programação da 1° edição da Virada Sustentável no Parque do Cocó se deparou com um misto de atrações, a começar pelo campeonato de hot dog, que rouba as atenções logo na entrada do evento. Competidores fazem receitas inusitadas e são avaliados por jurados. O penúltimo dia do evento na capital terá ainda show da artista baiana Larissa Luz. O evento segue até amanhã, 24, e finaliza com show da artista paraense Dona Onete.

No terceiro dia de programação na capital cearense, o evento tem percorrido diferentes palcos e envolvido públicos de todas as idades. “Todas essas atividades levam a crer que a Virada chega para Fortaleza trazendo não só um momento de arte, cultura e lazer, mas também de integração. A ideia do evento é levar as pessoas para se conectar com as outras e consigo mesmas”, explica Maristela Crispim, uma das organizadoras do evento.

No Parque do Cocó, que foi sede da maior parte das atrações do evento neste sábado, a movimentação de pessoas durante a manhã foi intensa. A expectativa é que o movimento volte a crescer logo mais à noite, quando a artista baiana Larissa Luz apresentará show a partir das 19 horas. “O show traz essa força da negritude, toda essa energia das questões de gênero e identidade e também de sustentabilidade”, comenta Maristela.

Douglas Mesquita e André Moura chegaram por volta das 16 horas no Parque do Cocó para aproveitar o show da artista baiana. Apesar da atração começar só às 19h, eles optaram por se adiantar e escolher um bom lugar na grama para curtir a apresentação. A dupla não esqueceu da coberta para garantir conforto na hora da espera.

Dayane Vilela, 26, Natália Fiorenza, 34, Taís Oliveira,18 e Catarina Fiorenza, 6, passaram pelo Parque do Cocó para aproveitar o fim de tarde e foram surpreendidas pela programação da Virada Sustentável. “Eu adorei esse incentivo à cultura do evento”, comenta Natália. Ela aproveitou a ocasião para vivenciar as atrações infantis do dia.

A programação do sábado também foi marcada pela performance Indígenas Fulni-Ô. Nativos do estado do Pernambuco, os Fulni-ô são a única etnia do Nordeste que mantém ativa sua própria língua, o Ia-tê, bem como um ritual a que chamam Ouricuri, que atualmente realizam em extremo sigilo.

A programação da 1º edição da Virada Sustentável segue até amanhã na capital, com programação durante todo o dia. Um dos destaques do domingo é o show da paraense Dona Onete, que leva o carimbó e diversidade de ritmos para o evento. Ela apresenta seu novo disco, "Rebujo". “As expectativas são as melhores, ver as pessoas interagindo dá entender que Dona Onete tem um público muito bacana aqui”, finaliza Maristela Crispim, coordenadora do evento.

Com informações da Repórter Bárbara Bezerra