PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Poeta Ferrez conversa com jovens cearenses durante a Bienal

25/08/2019 14:09:47

“Já tentaram me matar várias vezes, eu quase morro sem ver vocês”. As palavras do poeta Ferréz ecoaram na noite de sábado, 24, durante a programação da XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará. Com um discurso franco e permeando o debate com poemas, ele encantou a plateia que compareceu ao segundo andar do Centro de Eventos do Ceará. “A periferia é protagonista de várias coisas”, diz Ferréz, mas ele lembrou que ainda não há entendimento do uso do dinheiro. “Tudo isso aqui foi feito pela periferia. Tudo foi pintado pela periferia. Mas quem ganhou o dinheiro foi um engenheiro”, aponta o poeta - que é conhecido por uma vasta produção de conteúdo.

Ao fim do debate, que foi mediado pelos escritores Samuel Denker e Talles Azigon, ele autografou livros e continuou conversando com os jovens cearenses. Ferréz foi atração convidada do Sesc e subiu ao palco da sala O Inventário do Cotidiano logo após uma apresentação do Slam das Minas, grupo originário de São Paulo que trabalha com protagonismo feminino e juventudes.

A programação da Bienal Internacional do Livro do Ceará inclui nomes como Angela Gutiérrez, Conceição Evaristo, Daniel Munduruku, Deborah Finocchiaro, Lola Aronovich, Mailson Furtado Viana, Marilia Lovatel, Nina Rizzi, Regina Machado, Sarah Diva, Socorro Acioli, Suene Honorato, Tércia Montenegro, Tino Freitas, Ferrez, Anna K Lima, Talles Azigon, Annita Moura, Amara Moira, Márcio Benjamim, José de Almeida, Paula Yemanjá, Rildon Oliver, Ítalo Furtado e Jéssica Gabrielle Lima.

A programação segue até este domingo, 25 de agosto, no Centro de Eventos do Ceará. Feira de livros, lançamento de livros, debates, saraus, oficinas e contações de histórias vão acontecer ao longo do dia.

Serviço

XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará

Quando: até 25 de agosto

Onde: Centro de Eventos do Ceará (avenida Washington Soares, 999 – Edson

Queiroz)
Entrada gratuita

 

O Povo

TAGS