PUBLICIDADE

NOTÍCIA

Conheça a história do diretor de O Assobiador, filme cearense que une comédia e terror

Pensada, roteirizada e captada por Daniel José Silva Sousa, o jovem de 23 anos, natural de Preá, viu na produção audiovisual a chance de fazer história, levando a arte cinematográfica para o povoado de Preá. O filme estreia nesta quinta-feira, 18

17/07/2019 22:53:09
O elenco é formado apenas por moradores da região.
O elenco é formado apenas por moradores da região. (Foto: Reprodução/Instagram )

A história de assombração da Praia do Preá, no município de Cruz, a 243,1 km de Fortaleza, vai virar filme e promete revelar um mistério contado há anos pelos mais idosos da região: O Assobiador. Pensada, roteirizada e captada por Daniel José Silva Sousa, o jovem de 23 anos, natural de Preá, viu na produção audiovisual a chance de fazer história, levando a arte cinematográfica para o povoado de Preá. Com 40 minutos de duração e após três meses de trabalho, o filme promete ser a história de terror do interior do Ceará mais engraçada.

O pouco investimento e a falta de estrutura não foram obstáculos para Daniel, que cursou apenas um semestre de cinema e audiovisual na Universidade de Fortaleza (Unifor), em 2018. “Coloquei na cabeça que não ia deixar passar em branco o que com pouco tempo aprendi lá (faculdade). Daí comecei a escrever e coloquei na cabeça que ia fazer um filme!”, afirma Daniel em entrevista ao O POVO Online.

A ajuda financeira e estrutural para produzir o filme veio por meio dos próprios moradores. “A única ajuda que tivemos em dinheiro foi da Associação Comunitária de Preá, que deu R$ 1 mil. O restante foi alguns amigos ajudando com objetos”, revela Daniel. O roteirista destaca ainda que, após a finalização do filme, duas empresas do ramo de hotelaria (Rancho do peixe e Preá Beach Vila) fizeram parceiras com a equipe de O Assobiador.   

O roteiro foi escrito sem pensar nos personagens específicos e, ao final do história, Daniel foi encaixando os moradores em cada personagem de “O Assobiador”. “Eu escrevi todo o roteiro sem pensar em ninguém. Criei os personagens que se encaixavam na história, aí, depois de tudo montado, eu fui procurando as pessoas e elas foram se encaixando perfeitamente, parecia coisa combinada”, conta rindo.

Para a estreia, nesta quinta-feira, 18, Daniel aguarda um grande público. Mesmo sendo uma região pequena, o filme já se tornou o comentário da cidade. “Como nossa região aqui é pequena e todo mundo se conhece, o assunto que rola é esse filme. Onde a gente passa a turma fica perguntando e já manda guardar o ingresso”, afirma o roteirista.

Filme

O filme conta a história de moradores de uma pequena cidade chamada Pilombeta, que sofrem ataques de um ser misterioso conhecido como Assobiador. Desesperados, buscam ajuda em vários locais. Sem encontrar quem solucionasse o caso, eles resolvem por conta própria resolver o problema. Esta é a sinopse do filme que promete mexer com os moradores da região de Jericoacoara.

Para a estreia, a equipe do filme está preparando uma sala na Associação Comunitária para receber os telespectadores. “ Iremos passar o filme nos dias 18,19 e 20 de julho, em duas duas sessões por noite: 19hs e 21hs.

Cartaz de divulgação do filme O Assobiador
Cartaz de divulgação do filme O Assobiador (Foto: (Foto: Reprodução/Instagram))

Pilombeta

Pilombeta, ou palombeta, é um peixe comum na região litorânea do Ceará. Nome escolhido por Daniel para ser a cidade onde toda a história do filme acontece. “Por ser gravado nas localidades de Barrinha e Preá, ambos lugares litorâneos, veio a ideia de criar uma cidade com um nome de peixe. E como por aqui se pega muito pilombeta, aí ficou”.

Sessão

Para quem deseja assistir e conhecer a história do Assobiador, vai ter que esperar. O filme só será divulgado no Youtube em setembro. Os contemplados, justamente, são os moradores da região, que receberão sessões itinerantes.

E os planos de Daniel não vão parar no Assobiador. “Nosso plano é fazer a continuação desse. Já comecei a escrever. Espero poder contar com parcerias de empresas para dar continuidade a esse projeto que nossa comunidade nossa gente só tem a ganhar”, revela.

Veja trailer

O filme ganhou até música original, na voz de Saulo Gasco e composta por Helena Rodrigues. A produção da faixa é assinada por Daniel Preá e Izailton Oliveira.

Glenna Cherice