PUBLICIDADE
Tecnologia
NOTÍCIA

Dia Mundial da Senha: Google dá dicas para maior segurança digital

Segundo a empresa, a busca por "quão forte é a minha senha" cresceu 300% ao longo de 2020, apontando para um cenário de maior preocupação com senhas mais seguras e complexas

07:00 | 07/05/2021
Celebrado sempre na primeira quinta-feira de maio, o Dia Mundial da Senha é uma data para discutir sobre segurança de contas, perfis e cadastros virtuais (Foto: JÚLIO CAESAR)
Celebrado sempre na primeira quinta-feira de maio, o Dia Mundial da Senha é uma data para discutir sobre segurança de contas, perfis e cadastros virtuais (Foto: JÚLIO CAESAR)

Celebrado sempre na primeira quinta-feira de maio, o Dia Mundial da Senha é uma data para discutir sobre segurança de contas, perfis e cadastros virtuais. Neste dia, a empresa de tecnologia Google recomenda ferramentas que auxiliam na busca por uma manutenção mais segura de senhas. Entre elas está a verificação em duas etapas, disponível em diversos dispositivos e websites, e o aplicativo Gerenciador de Senhas, criação da Google.

Segundo a empresa, a busca por “quão forte é a minha senha” cresceu 300% ao longo de 2020, apontando para um cenário de maior preocupação com senhas mais seguras e complexas. Pesquisa realizada pela Syhunt, empresa de consultoria em cibersegurança, indica que o Brasil é o quarto país com mais senhas de órgãos públicos vazadas desde janeiro de 2021, quando mais de 3,2 bilhões de dados começaram a ser vazados em todo o mundo.

LEIA MAIS | "Titanic" é o filme mais buscado no Google; veja outros títulos da lista

Nessa perspectiva, o sistema de verificação em duas etapas (2SV) é estabelecido como um requisito para segurança mais eficaz de contas digitais. Uma camada adicional de segurança, funciona do seguinte modo: ao fazer login, o usuário precisa realizar um autenticação por meio de outros dispositivos ou aplicativos, além da usual senha. Em breve, todos os usuários da conta Google serão automaticamente inscritos na 2SV, diz a empresa.

LEIA MAIS | Google Photos será pago a partir de junho; veja como baixar suas fotos

Outro problema relacionado às senhas é a questão da memorização. Para isso, o Google desenvolveu o Gerenciador de Senhas, aplicação que auxilia na adoção de senhas fortes e diferentes a cada login sem a necessidade de memorização humana. A ferramenta ajuda a criar senhas e guardá-las em um “cofre” cujo acesso é exclusivo ao usuário. O Gerenciador de Senhas está disponível para o navegador Chrome e aos dispositivos Android.

LEIA MAIS | Netflix faz testes para limitar o uso de senhas compartilhadas

Seis dicas para maior segurança digital

1. Ao criar uma senha, deve se considerar todas as possibilidades de caracteres, desde símbolos e números a letras maiúsculas e minúsculas.

2. Devem ser evitadas sequências lógicas e informações pessoais, como nomes de animais e marcas de veículos.

3. Cada acesso precisa de uma senha diferente. Ou seja, a mesma senha não deve ser repetida em sites, contas bancárias, cartões, e-mail, redes sociais, etc.

4. Senhas não devem ser enviadas por e-mail ou aplicativos de mensagem. Devem ser evitadas até em chamadas telefônicas.

5. O acesso deve ser evitado em dispositivos e aparelhos que não pertencem ao usuário, mesmo se houver verificação mais profunda. Caso aconteça, as senhas não devem ser salvas.

6. A verificação em duas etapas pode ser uma opção para melhorar e intensificar a proteção digital.