PUBLICIDADE
Tecnologia
NOTÍCIA

Jogadores iniciantes podem disputar Liga Brasileira de Free Fire; veja como realizar inscrição

A competição, que passou por recente reformulação, está dividida entre Séries A, B e C, esta última podendo ser acessada por qualquer jogador da plataforma, desde que seja maior de 16 anos, de nacionalidade e residência brasileira

Izadora Paula
21:25 | 18/02/2020
A equipe do Corinthians venceu a última competição nacional, antes da mudança para a Liga Brasileira de Free Fire. Depois disso, conquistou o mundial (Free Fire World Series FFWS)
A equipe do Corinthians venceu a última competição nacional, antes da mudança para a Liga Brasileira de Free Fire. Depois disso, conquistou o mundial (Free Fire World Series FFWS) (Foto: Divulgação)

Estão abertas as inscrições para a Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) para aqueles jogadores que buscam um lugar no cenário nacional. A competição, que passou por recente reformulação, está dividida entre Séries A, B e C, esta última podendo ser acessada por qualquer jogador da plataforma, desde que seja maior de 16 anos e de nacionalidade e residência brasileira.

Leia mais: Competição nacional de Free Fire é reformulada e se torna Liga Brasileira; saiba o que já rolou na disputa

Organizada pela Garena, empresa responsável pelo game, a Liga Brasileira veio para substituir a Pro League, que já foi disputada por três vezes no País. O objetivo da Série C da LBFF é descobrir as 8 melhores equipes do País para subir para Série A, e os outros classificados terem a chance de ir para a Série B.

Para conseguir disputar a Série C, o jogador deve se registrar em um ou até três torneios pontuáveis. Ao todo, irão participar 1.536 equipes em um formato de eliminação direta, com série de melhor de uma partida. Ao fim dos três torneios pontuáveis, as 48 equipes com melhor pontuação irão avançar para as semifinais. Na decisão, 12 equipes garantem a vaga para a grande final, onde irão competir por oito vagas diretas para a elite da LBFF.

Os torneios pontuáveis estão separados em três momentos diferentes. O primeiro segue com as inscrições abertas até o dia 24 de fevereiro, mas a disputa começa somente no dia 29, ocorrendo também nos dias 1 e 2 de março. No Torneio 1, participam 20.432 jogadores.

O Torneio 2, por sua vez, aceita novas inscrições até o dia 5 de março, onde podem participar 14.242 jogadores. As partidas serão realizadas nos dias 7, 8 e 9 de março.

Para o Torneio 3, onde participam 14.307 jogadores, as inscrições se estendem até o dia 11 de março. Neste último, os jogos serão realizados nos dias 14, 15 e 16 de março.

Para as inscrições, que estão sendo realizadas no site da LBFF, o jogador deve criar uma conta na plataforma para, só depois, informar o nick utilizado no Free Fire, bem como a ID do jogador (o próprio site dá instruções de onde conseguir essas informações, caso o jogador não saiba).

Entenda como está organizada a competição

Série A: formada por 12 times que já atuam no cenário profissional. Na primeira fase, esses times competem semanalmente, aos sábados e domingos, em seis partidas diárias e presenciais que são transmitidas ao vivo na internet. Ao final da fase inicial, dois times serão rebaixados para a Série B, mas outros oito da Série C garantem o acesso para a elite da competição. Portanto, na segunda fase, 18 times integram a Série A.

Série B: não será disputada na primeira fase da competição. Na segunda fase, será constituída dos dois times rebaixados da Série A e de outros 34 times oriundos da Série C. Para garantir o acesso, os times devem ficar entre a 9ª e a 42ª colocação nos torneios da Série C.

Série C: com a participação dos times iniciantes e amadores, ou mesmo aqueles profissionais que não garantiram vaga na Série A, a Série C será disputada por 1.536 times em três torneios pontuáveis - realizados nos dias 29 de fevereiro, 1 e 2 de março; 7, 8 e 9 de março; e 14, 15 e 16 de março.

Os primeiros oito times na classificação ganham acesso direto para a Série A. Aqueles que garantirem classificação entre a 9ª e a 42ª posição, entram na Série B.