PUBLICIDADE
Saúde
NOTÍCIA

Pesquisador cearense lidera primeiro estudo sobre adiposidade em adolescentes do sexo feminino

No estudo, quatro equações matemáticas trabalham os valores da massa corporal, peso, circunferência da cintura e dobras cutâneas do público adolescente

Mirla Nobre
15:13 | 26/05/2021
CLoseup of measuring tape (Foto: Freepik)
CLoseup of measuring tape (Foto: Freepik)

Uma pesquisa inédita para estimar a adiposidade - o excesso de gordura corporal - em adolescentes do sexo feminino entre 12 a 17 anos, por meio de equações matemáticas, é liderada pelo pesquisador cearense e educador físico, Joaquim Cintra. Conduzido pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), o estudo tem previsão para ser publicado na Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano (RBCDH) entre junho e julho deste ano.

No estudo, quatro equações trabalham os valores da massa corporal, peso, circunferência da cintura e dobras cutâneas das adolescentes. Com os modelos matemáticos desenvolvidos no estudo, os profissionais da saúde, principalmente nutricionistas e educadores físicos, irão identificar o percentual de gordura desse público de forma mais especifica.

“É interessante para os profissionais da saúde que atuam com essa população de adolescentes. As equações serão ferramentas úteis para complementar o diagnóstico da gordura corporal das mais jovens e direcionar, de forma mais específica, as intervenções prescritivas médicas, como dietas e exercícios físicos”, explica Joaquim.

LEIA TAMBÉM | Médico cearense cria projeto que traduz receitas em linguagem mais acessível

No entanto, a pesquisa é direcionada apenas ao público adolescente da região Sul do Brasil: Paraná (PR), Santa Catarina (SC) e Rio Grande do Sul (RS). Isso porque ela foi elaborada a partir de dados observados na população adolescente dessa região. “A localidade foi escolhida pelo fato da região do Sul ter uma maior prevalência de sobrepeso e obesidade nas adolescentes, especificamente do sexo feminino, comparado com outras regiões geográficas do Brasil, como Centro-Oeste, Norte e Nordeste”, esclarece o pesquisador cearense.

Outra medida para elaboração da pesquisa, foi a escassez de cálculos para estimar a gordura corporal direcionados ao público adolescente feminino. Durante o desenvolvimento da pesquisa, 196 adolescentes do sexo feminino participaram do estudo, de 12 a 17 anos, regularmente matriculadas nas instituições de ensino público e privado da Região Metropolitana de Curitiba, no Paraná. De acordo com pesquisador, foram desenvolvidos e validados quatro modelos matemáticos com a combinação de multivariáveis antropométricas, ciência que estuda as medidas do corpo humano para investigar o estado nutricional.

Joaquim também explica que profissionais da saúde de outras regiões, como Norte, Nordeste e Centro-Oeste, também podem se beneficiar do estudo. Segundo ele, por meio da técnica de Validação Cruzada, onde é capaz de avaliar a capacidade de generalização de um modelo, a partir de um conjunto de dados de outro estudo, pesquisadores podem aplicar os dados da pesquisa no público das demais regiões e analisar. A partir disso, pode-se aplicar as equações e auxiliar os profissionais da saúde na estimativa da gordura corporal desse público nas outras localidades.

LEIA TAMBÉM | Adolescentes com sobrepeso têm risco elevado de doença cardiovascular

Além do professor Joaquim Cintra, o estudo tem colaboração dos professores Wagner Ripka, Leandra Ulbricht e Neiva Leite da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). A pesquisa está prevista para ser publicada em junho ou julho deste ano na Revista Brasileira Cineantropometria e Desempenho Humano (RBCDH) para que profissionais da saúde, assim como pesquisadores, estudantes ou demais público interessado no tema, possa ter acesso na íntegra.

Joaquim Cintra é cearense graduado em Educação Física e lidera a primeira pesquisa com modelos matemáticos para estimar adiposidade em adolescentes
Joaquim Cintra é cearense graduado em Educação Física e lidera a primeira pesquisa com modelos matemáticos para estimar adiposidade em adolescentes (Foto: Divulgação)

O cearense Joaquim Cintra é graduado em Educação Física com pós-graduação lato sensu pela Universidade Estadual do Ceará (Uece). Além disso, é membro filiado da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica (Abeso) e docente da International Society For The Advancement Of Kinanthropometry (Isak).