PUBLICIDADE
Saúde
Noticia

Brasil começa vacinação contra Covid-19 em março de 2021, diz Camilo

O governador do Estado informou a previsão após participar de reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello

Gabriela Almeida
14:14 | 08/12/2020
FORTALEZA, CE, BRASIL, 16.11.2020: Coletiva do Governador Camilo Santana (PT) na residencia oficinal. (foto: Thais Mesquita/O POVO) (Foto: Thais Mesquita)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 16.11.2020: Coletiva do Governador Camilo Santana (PT) na residencia oficinal. (foto: Thais Mesquita/O POVO) (Foto: Thais Mesquita)

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT) esteve em reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, nesta terça-feira, 8, para discutir acerca da distribuição da vacina contra Covid-19. De acordo com o governador, em publicação feita no Twitter, o Brasil deve começar o processo de vacinação no dia 3 março de 2021.

Segundo Camilo, Pazuello afirmou que durante o primeiro semestre de 2021 serão distribuídas aos estados brasileiros 100 milhões de doses da vacina produzida no laboratório AstraZeneca. Já para o segundo semestre do ano, a estimativa é que ocorra a distribuição de 160 milhões de doses do mesmo imunizante nas Unidades Federativas. 

| LEIA MAIS |

Compra de 70 milhões de doses da vacina contra Covid-19 da Pfizer será finalizada ainda esta semana, segundo Ministério da Saúde

Proposta de meta mínima de imunização contra Covid-19 no Ceará é vacinar 1,79 milhão de pessoas

Covid-19: São Paulo iniciará vacinação por idosos e pessoal da saúde

Covid-19: estados e municípios pedem coordenação nacional em vacinação

Além disso, mais 112 milhões de doses de vacinas fabricadas em outros laboratórios estariam sendo negociadas pelo Ministério da Saúde. O processo de vacinação deve ocorrer no dia 3 de março e, segundo nota lançada pela pasta, materiais como seringas e agulhas já estão sendo providenciados.

"Estamos tratando da aquisição também com o Governo de São Paulo, através do Instituto Butantan, além de contatos com outros laboratórios, para tentar antecipar esse processo aqui no Ceará (...) Farei todos os esforços possíveis para que o nosso Estado receba a vacina o mais rápido possível", destacou ainda o governador em postagem.