Sarto sobre sugestão de Cid para se desculpar com Camilo: 'Opinião cada um tem direito de tê-la'

Sarto defendeu a candidatura de Erika Amorim ao Senado em meio ao rompimento da aliança entre PT e PDT no Ceará, em 2022

O prefeito José Sarto (PDT) reagiu de modo sucinto à avaliação do senador Cid Gomes (PDT) de que ele deveria pedir desculpas ao ministro da Educação, Camilo Santana (PT), por não ter votado nele para o Senado Federal. "Opinião cada um tem direito de tê-la", disse sobre o tema nesta terça-feira, 16, no Palácio da Abolição.

Cid afirmou ao programa Conexão Assembleia, da TV Assembleia, que era legítimo que Sarto defendesse a candidatura de Roberto Cláudio (PDT) ao Governo do Ceará, já que o ex-prefeito de Fortaleza foi fundamental para a vitória dele em 2020.

Sarto declarou voto em Érika Amorim (PSD) para o Senado em meio ao rompimento da aliança entre PT e PDT no Ceará, razão pela qual Cid Gomes o criticou por não ver motivos legítimos na escolha. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Primeiro, reconhecer que agiu (legitimamente) votando no Roberto Cláudio, mas, não votando no Camilo, ele a meu juízo errou e quando a gente erra a gente tem que ter humildade de pedir desculpas. Eu já disse isso para ele", afirmou o senador sobre o que espera do prefeito.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar