Participamos do

Entenda a briga entre Ciro Gomes e Gregório Duvivier

Discussão começou após Duvivier pedir que eleitores de Ciro votassem no ex-presidente Lula (PT) para evitar que Bolsonaro chegasse ao 2° turno. Um debate entre o político e o humorista deve ocorrer, nas redes sociais, em algum momento nos próximos dias

O ex-ministro e presidenciável Ciro Gomes (PDT) e o ator e humorista Gregório Duvivier tornaram-se pauta nas redes sociais durante a última semana. Após o humorista fazer críticas ao pedetista em seu programa semanal, o Greg News, Ciro convidou Gregório para um debate que foi aceito e, embora sem data marcada, deve ocorrer em algum momento nas próximas semanas.

LEIA MAIS: Ciro diz que Duvivier tem "síndrome de Zelensky" e o acusa de racismo contra Daciolo

O convite ocorreu no último sábado, 14, e a ideia inicial é de que o encontro ocorras nos canais de Ciro nas plataformas digitais. A manifestação do pedetista ocorreu um dia após o apresentador pedir aos eleitores ciristas que votem no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sob o argumento de "salvar a democracia" elegendo o petista ainda no primeiro turno contra o presidente Bolsonaro (PL).

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“Aí sim, a gente vai ter a chance de fazer pressão para avançar naquilo que o Ciro tem de melhor, que é o Projeto Nacional de Desenvolvimento. E forçar que Lula comece a fazer o que o PT nunca fez enquanto esteve no poder: taxar grandes fortunas, reindustrializar o Brasil, enfrentar o baronato rentista", disse Gregório no trecho final do vídeo abaixo, alertando para um eventual risco de ruptura democrática caso Bolsonaro chegue ao 2° turno e perca.

Ação e reação

No programa, Duvivier criticou a trajetória de Ciro ao mostrar que ele foi filiado ao PDS, partido que substituiu o Aliança Renovadora Nacional (Arena), ligado à ditadura militar, e citando outros casos que envolvem o nome do presidenciável. Gregório traz uma fala de terceiros de que Ciro teria “dado uma estrada ao Beach Park” enquanto governador do Ceará, na década de 1990. O apresentador ironiza o fato de que o ex-ministro da Fazenda trabalhou no parque aquático. 

Os comentários foram rebatidos por Ciro somente nesta semana, mas seus apoiadores começaram a questionar o humorista instantes depois, acusando-o de praticar “terrorismo eleitoral” ao pedir votos para Lula após 30 minutos atacando o pré-candidato do PDT em seu programa.

O apresentador minimizou a interpretação dos ciristas. “Amo que agora pedir para um eleitor votar em outro candidato é terrorismo eleitoral. Antigamente chamava eleições”.

Nesta terça-feira, 17, Ciro fez transmissão semanal onde reagiu às falas feitas por Duvivier, alegando haver informações injustas ou mentirosas no discurso do humorista. Ciro lamentou a não presença de Gregório, que posteriormente foi justificada por motivos de trabalho.

“As opiniões eu respeito, mesmo que eu discorde delas. Mas as mentiras não dá para suportar. No caso das mentiras, quero acreditar que Gregório foi levado ao erro por pesquisas mal feitas na internet ou sei lá qual espírito santo de orelha lhe induziu”, declarou Ciro na live.

Nas redes sociais, Gregório reconheceu haver um erro de informação nos comentários divulgados em seu programa, mas endossou as outras críticas e informações sobre o presidenciável.

“Ciro não gostou de muita coisa do que dissemos no programa, o que é compreensível (...) Erro de informação mesmo foi só um, que lamentamos e será corrigido no próximo programa. Ciro foi ministro até o fim do governo Itamar. Todas as outras informações estão corretas, checadas e com fonte - enquanto as fontes do Ciro, ao que parece, são vozes da sua cabeça”, escreveu.

E o debate?

O debate entre os dois segue sem data marcada, Ciro informou que assessoria de Duvivier disse que ele estaria disponível após o dia 26, mas nunca às terças-feiras, dia da live semanal de Ciro e na qual Gregório grava o programa que leva seu nome. O pedetista topou então realizar uma transmissão especial, em qualquer dia da semana, para viabilizar o encontro.

Na última terça-feira, Gregório justificou ausência na live semanal de Ciro, afirmando que grava o seu programa às terças-feiras.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar