Participamos do

Cid Gomes: "Wagner recebe dinheiro da segurança pública sem trabalhar e fez isso a vida inteira"

20:01 | Mar. 11, 2022
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O senador Cid Gomes (PDT) criticou o deputado federal Capitão Wagner (Pros), pré-candidato de oposição ao governo do Estado. "Ele recebe dinheiro da segurança pública sem trabalhar e fez isso a vida inteira, nunca trabalhou. Estava sempre afastado, sempre de licença. Depois foi candidato, se aposentou da Polícia recebendo dinheiro da Polícia sem dar o seu trabalho", disse, ao chegar ao encontro de pré-candidatos do PDT, em Pacajus, realizado sexta-feira, 11.

Cid Gomes relacionou o aumento da criminalidade às paralisações da Polícia, que ele atribui ao deputado federal. "Veja as curvas de homicídio aqui no Estado do Ceará, se não é do jeito que eu estou dizendo. Vêm caindo, vêm caindo, vêm caindo, vêm caindo, o Wagner lidera um motim e aí eles vão para a estratosfera. Todas as vezes é isso."

O senador demonstrou temor de que mais uma vez isso ocorra. "Como nós estamos chegando perto de uma eleição, ele já deve estar se movimentando para fazer um motim de novo. Ele vive disso."

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Segundo Cid, Wagner vive de instaurar medo nas pessoas com base nessas artimanhas e espera com isso extrair proveito. 

"A meu juízo, ele é quem mais tem feito mal à segurança no Estado do Ceará", afirmou o senador.

Em resposta, Wagner disse nas redes sociais que começou a trabalhar com 14 anos, tendo a carteira de trabalho assinada pela primeira vez com 17 anos. Como lembrou, foi promovido a capitão da Polícia Militar do Ceará pelo então governador Cid Gomes. 

"Nesse período, também recebi o reconhecimento de Policial Padrão pelos serviços prestados", escreveu o perfil do político no Instagram.

Com informações do repórter Carlos Holanda

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags