Participamos do

Equipe de TV britânica é atacada por militares russos e repórter sai ferido

Segundo o canal, os cinco profissionais estavam circulando em um veículo, quando foram surpreendidos pelos tiros
15:46 | Mar. 05, 2022
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Repórter de Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Uma equipe de reportagem da rede de TV britânica Sky News, que fazia a cobertura da invasão da Rússia ao território ucraniano, foi atacada com tiros por supostos paramilitares russos, próximo a Kiev, na última segunda-feira, 28. As imagens do ataque, no entanto, só foram publicadas neste sábado, 5.

Após o caso, o correspondente da emissora ficou ferido no episódio. Segundo o canal, os cinco profissionais estavam circulando em um veículo, quando foram surpreendidos pelos tiros. Nas imagens, eles aparecem agachados e tentando se proteger, gritando que são jornalistas e pedindo para que os atiradores parassem. Segundos depois, todos conseguem correr e encontrar um abrigo em um depósito. 

O cinegrafista Richie Mockler levou dois tiros, que atingiram o colete. Já o correspondente Stuart Ramsay ficou ferido nas costas, mas foi atendido e passa bem. Todos já voltaram para o Reino Unido.

Nesta sexta-feira, 4, ao menos sete pessoas morreram — duas delas, crianças — em um ataque aéreo russo a uma área residencial rural na região de Kiev. Cerca de 12 explosões foram ouvidas no centro da cidade nesta manhã (madrugada no Brasil). As sirenes de ataque aéreo foram acionadas, alertando para a intensificação dos ataques de mísseis vindos da Rússia à capital.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags