Participamos do

"Vítima do ódio de um ex-militante do Psol", diz Flávio Bolsonaro sobre nova internação do pai

O filho do presidente da República disse ser impossível não se indignar com as acusações do pai ter discurso de ódio
12:20 | Jan. 03, 2022
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Repórter de Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O senador Flávio Bolsonaro usou as redes sociais, nesta segunda-feira, 3, para comentar sobre seu pai, o presidente Jair Bolsonaro (PL), internado no hospital Vila Nova Star, em São Paulo, devido a uma suboclusão intestinal (obstrução). Em publicação, o parlamentar disse que o mandatário mantém bom estado de saúde após ser vítima do ódio de um ex-militante do Psol, referência ao episódio da facada, em 2018. 

"Graças a Deus meu pai passa bem! Cada vez que ele passa por isso é impossível não se indignar com a mentira de que Bolsonaro tem discurso de ódio, quando na verdade ele é a vítima do ódio de um ex-militante do Psol e de mal amados hipócritas desejando sua morte", disse o senador, ao lembrar das eleições de 2018, quando Bolsonaro foi vítima de uma facada por Adélio Bispo.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Essa é a segunda vez em poucos meses que o presidente fica internado no mesmo hospital. Em julho de 2021, ficou quatro dias no Nova Star tratando de uma obstrução intestinal. Nessa oportunidade, também foi cogitada a possibilidade de cirurgia, descartada ao longo do tratamento. Para o caso atual, ainda não se sabe a gravidade do quadro.

O presidente estava em São Francisco do Sul, em Santa Catarina, desde o dia 27 de dezembro. Junto com a primeira-dama Michelle e uma comitiva presidencial, ele embarcou num helicóptero da Força Aérea Brasileira por volta da meia-noite desta segunda-feira, seguiu para Joinville e de lá para São Paulo.


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags