Participamos do

Aprovado aumento salarial dos servidores do Ceará; governador e vice também são contemplados

O reajuste abrange 18 categorias e é concedido em duas parcelas, metade em janeiro e metade em maio
07:59 | Dez. 23, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Foi aprovado na noite desta quarta-feira, 22, na Assembleia Legislativa, o reajuste de 10,74% no salário dos servidores públicos estaduais do Ceará. O aumento será concedido em duas parcelas, metade em janeiro e metade em maio. São beneficiados todos os servidores públicos e militares do Poder Executivo das autarquias e das fundações públicas estaduais. 

Também foi aprovado projeto de autoria da Mesa Diretora que concede o mesmo percentual de reajuste ao governador Camilo Santana (PT) e à vice-governadora Izolda Cela (PDT). O salário do governador é o teto salarial do funcionalismo, e precisa ser ampliado junto do dos servidores.

No caso de Camilo, o valor passará de R$ 17,6 mil para R$ 18,5 mil, a partir do dia 1° de janeiro de 2022. Em maio, a quantia deve receber um novo acréscimo, chegando próximo à R$ 19,5 mil.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Foram ainda aprovadas gratificações e reestruturações para os servidores da Secretaria da Educação, Secretaria da Cultura (Secult), Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag), Sohidra, Nutec, Secretarias das Cidades, Ipece, Secretaria do Desenvolvimento Agrário, Idace, SPS, SDH, Adagri, Polícia Militar, Issec, Superintendência de Obras Públicas (SOP) e Secretaria da Saúde (Sesa).

De acordo com o líder do governo Camilo na Assembleia, Júlio César Filho (Cidadania), o impacto financeiro é de R$ 293 milhões.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags