Participamos do

Revisão salarial de servidores do Ceará será de 10,74%, em duas vezes

Segundo anunciado nesta quarta, 22, as categorias que já passaram por melhorias salariais, que terão repercussão a partir de janeiro do ano que vem, também ganharão revisão geral de 10,74%. A mensagem governamental já foi enviada para a Assembleia Legislativa do Ceará
19:36 | Dez. 22, 2021
Autor Beatriz Cavalcante
Foto do autor
Beatriz Cavalcante Articulista quinzenal do O POVO
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

ATUALIZAÇÃO | O reajuste dos servidores do Ceará foi aprovado

O governador do Estado, Camilo Santana (PT), anunciou que a revisão geral para os servidores do Ceará será de 10,74% em duas vezes, sendo metade em janeiro e a outra em maio de 2022. Ao todo são 181.400 servidores públicos ativos e inativos.

O índice é igual ao da inflação dos últimos 12 meses encerrados em novembro deste ano, conforme divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já a inflação oficial prevista para fechar o ano é de 10,2%, conforme projeção do Banco Central.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Segundo anunciado nesta quarta, 22, as categorias que já passaram por melhorias salariais, que terão repercussão a partir de janeiro do ano que vem, também ganharão revisão geral de 10,74%. È o caso por exemplo das Polícias Civil e Militar. A mensagem governamental já foi enviada para a Assembleia Legislativa do Ceará e o governador espera que seja aprovada ainda hoje. 

"Neste ano de 2021, por conta de uma restrição da Lei Federal 173, os estados ficaram impossibilitados de dar reajustes ou aumentos salariais para servidores públicos do Estado do Ceará, mas, mesmo assim, durante o ano de 2021 nós negociamos com várias categorias do Estado melhorias salariais e encaminhamos os projetos para a Assembleia Legislativa, aos quais foram votados e terão repercussão a partir de janeiro de 2022", disse o governador. 

Dentre as categorias já negociadas estão Polícia Penal, dos professores estaduais, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Controladoria Geral do Estado, TVC, da Perícia Forense (Pefoce). "Todos esses já foram dialogados, negociados e aprovados pela Assembleia que terão repercussão a partir de janeiro de 2022", frisou Camilo.

Além do projeto de reajuste salarial, o  governador anunciou que encaminhou também projetos de reestruturação de carreira de outras categorias com as quais o Executivo já vinha negociando ao longo deste ano. Ele cita as melhorias salariais da Saúde e ascensões a servidores da área, que vinham "embarreiradas", com ampliação de gratificações.

Com isso, a mensagem à Assembleia envolve ainda melhorias salariais por exemplo, para todas as categorias da área da Saúde; pessoal do administrativo da Secretaria da Educação; Cultura; Proteção Social; Setor da Agricultura, como Agência de Defesa Agropecuária, da própria Secretaria Desenvolvimento Agrário, do Idace, da Secretaria de Recursos Hídricos, Sohidra; Junta Comercial do Ceará (Jucec); Secretaria das Cidades; Superintendência de Obras Públicas (SOP); Ipece; Nutec, Conselho de Educação etc.

"É uma forma de valorização e reconhecimento do trabalho dos servidores públicos do Estado do Ceará", disse o governador ao finalizar a transmissão ao vivo nas redes sociais.


 


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags