Participamos do

Língua desconhecida: Michele Bolsonaro manifestou o Espírito Santo ao comemorar aprovação de Mendonça para o STF

Reação da primeira-dama repercutiu nas redes sociais
11:32 | Dez. 06, 2021
Autor Vítor Magalhães
Foto do autor
Vítor Magalhães Repórter de Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Um vídeo da primeira-dama Michelle Bolsonaro comemorando a aprovação de André Mendonça ao Supremo Tribunal Federal (STF) repercutiu nas redes sociais pela reação de Michelle. Na cena, ela aparece saltando e comemorando enquanto faz uma oração em uma “língua desconhecida”; prática comum entre evangélicos de determinados segmentos.

Michelle manifestou o Espírito Santo, segundo narra a crença pentecostal. O pentecostalismo faz referência à festa de Pentecostes, ou seja, quando o Espírito Santo teria dado aos discípulos poderes como a glossolalia, que segundo o dicionário é a “suposta capacidade de falar línguas desconhecidas quando em transe religioso”.

“Chegando o dia de Pentecoste, estavam todos reunidos num só lugar. De repente veio do céu um som, como de um vento muito forte, e encheu toda a casa na qual estavam assentados. E viram o que parecia línguas de fogo, que se separaram e pousaram sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito os capacitava”, narra a Bíblia em Atos (2:1-4).

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Esse idioma não precisa ter correlação com línguas existentes e, na prática, não é necessário uma tradução. A comemoração da primeira-dama se tornou alvo de críticas e de intolerância religiosa. Parte dos usuários das redes sociais criticou a manifestação religiosa usando o argumento do “Estado laico”, enquanto outros chamaram atenção para a intolerância religiosa sofrida por ela.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags