Participamos do

Câmara de Fortaleza aguarda apuração sobre vereador e diz que "se contrapõe a qualquer ato de violência"

O vereador de Fortaleza, Ronivaldo Maia (PT), é investigado por tentativa de feminicídio. O petista é suspeito de ter acelerado o carro em direção à mulher, que após ser atingida precisou ser socorrida às pressas para uma unidade hospitalar
14:32 | Nov. 30, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Repórter de Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Câmara Municipal de Fortaleza se manifestou, nesta terça-feira, 30, sobre a prisão do vereador Ronivaldo Maia (PT) por suspeita de tentativa de feminicídio. Em nota, a Casa afirma que se contrapõe a qualquer ato de violência e que está aguardando as apurações da justiça sobre o caso. O petista é suspeito de ter acelerado o carro em direção à mulher, que após ser atingida precisou ser socorrida às pressas para uma unidade hospitalar.

LEIA MAIS l Após tentativa de feminicídio, esposa de Ronivaldo diz que "luta por justiça" e pede "solidariedade"

Após reunião, a executiva municipal do PT decidiu no início desta tarde pela suspensão imediata da filiação do vereador do partido. Além disso, a sigla também deliberou sobre a constituição de uma comissão paritária no âmbito da legenda para apuração disciplinar dos fatos.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Suspeito de tentativa de feminicídio contra uma mulher de 36 anos, Ronivaldo teria arrastado a vítima por aproximadamente três casas após acelerar com o veículo contra ela. Segundo informações obtidas pelo O POVO, o parlamentar tinha um relacionamento extraconjugal com a vítima há mais de dez anos e a atacou após ela recusar-se a pagar uma conta de R$ 1,6 mil para ele.

 

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags