Participamos do

"Vamos decidir no ano que vem", diz Camilo sobre disputa ao Senado

Questionado sobre uma eventual candidatura ao Senado durante inauguração do Hospital Regional do Vale do Jaguaribe, o governador desviou da pergunta. "Agora é trabalhar", disse
01:25 | Nov. 26, 2021
Autor Maria Eduarda Pessoa
Foto do autor
Maria Eduarda Pessoa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O governador Camilo Santana (PT), que participava da inauguração do Hospital Regional do Vale do Jaguaribe (HRVJ), nesta quinta-feira, 25, desviou de perguntas sobre os planos para as eleições de 2022. O evento de inauguração desta quinta contou com a presença de Camilo Santana e do secretário da Saúde do Estado, Marcos Gadelha.

Questionado sobre uma eventual candidatura ao Senado, conforme se especula nos bastidores, o governador respondeu que "essa questão de eleição nós vamos decidir no ano que vem". "Agora é trabalhar", enfatizou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O governador está no centro da discussão sobre a aliança PT e PDT no Ceará, que ganha novos contornos com a rivalidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) a nível nacional e as implicações sobre o palanque estadual para os dois pré-candidatos à Presidência da República. 

Caso decida disputar vaga no Senado, Camilo ainda terá de renunciar ao Governo do Estado seis meses antes do pleito, que acontece em outubro. Questionado sobre a reta final do seu mandato, que pode ser antecipada caso venha a disputar um outro cargo eletivo, o petista não quis entrar em detalhes.

O HRVJ esta localizado no município de Limoeiro do Norte e se integra à Rede da assistência da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), que já conta com unidades de alta complexidade nas Regiões do Cariri, Norte, Sertão Central e Fortaleza (HGF, Albert Sabin, César Cals, Waldemar de Alcântara, São José e Messejana). A nova unidade deve atender 550 mil cearenses dos 20 municípios da região.

Na ocasião, o governador celebrou o equipamento que, segundo ele, "não deixa a desejar a nenhum hospital particular desse país". "Tem ressonância magnética, radiologia, tomografia, equipamentos para tratamento cardiológico", pontuou.

A unidade conta com 304 leitos e 240 profissionais. A previsão é que o hospital seja inaugurado até abril de 2022, com cerca de 1.500 funcionários quando em pleno funcionamento.

(Com informações de Luciano Cesário)

Mais notícias de Política

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags