Participamos do

Bolsonaro sobre Moro: "Sempre teve propósito político e antes camuflava"

Futuro filiado ao Podemos, o ex-juiz é um potencial candidato a presidente da República em 2022
15:42 | Nov. 08, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Repórter de Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, nesta segunda-feira, 8, que o ex-ministro sempre teve um propósito político, mas agia de forma camuflada. O ex-juiz retornou ao Brasil recentemente e deve se filiar ao Podemos na próxima quarta-feira, 10, para entrar no cenário eleitoral para 2022, com a possibilidade de concorrer à Presidência.

"Você começa a entender um pouco mais as coisas, começa a entender o que eu passei com o ministro Sérgio Moro. Ele sempre teve um propósito político, nada contra, mas fazia aquilo de forma camuflada", disse Bolsonaro, em entrevista à Rádio Jovem Pan do Paraná.

Moro largou a magistratura no final de 2019 para integrar o Governo Bolsonaro como ministro da Justiça e Segurança Pública. Porém, ele deixou o cargo em abril de 2020 acusando o presidente de tentativa de interferência na Polícia Federal (PF). Agora cotado a se lançar candidato a presidente da República em 2022, ele está prestes a se tornar adversário direto do presidente.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Bolsonaro ainda citou o fato de Moro ter deixado a magistratura como uma indicação de que sempre teve um propósito político. "Moro lamentavelmente tinha um interesse político. Como pode uma pessoa abrir mão de 23 anos de magistratura para ser ministro, sabendo que podia ser demitido no dia seguinte e jogar tudo aquilo fora? Ele aos poucos foi se revelando que tinha um projeto", disse.

Com ato de filiação que ocorrerá no dia 10 de novembro no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, Moro é considerado por especialistas como o que tem grande potencial para encabeçar uma chapa que rivalize com o ex-presidente Lula e Jair Bolsonaro. 

LEIA MAIS l Entenda como a candidatura de Sergio Moro mexe com as eleições de 2022

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags