PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Ciro afirma que Lula traiu compromissos ao deixar de taxar mais ricos no Brasil

Em vídeo publicado nas redes sociais, o pedetista sugere que o líder do PT deixou de taxar as grandes fortunas brasileiras enquanto esteve no Planalto, e que "comandou o país por 14 anos e não mudou nada"

Filipe Pereira
18:20 | 28/07/2021
Em vídeo, Ciro afirma que Lula traiu compromissos ao deixar de taxar mais ricos no Brasil (Foto: Reprodução/Instagram  )
Em vídeo, Ciro afirma que Lula traiu compromissos ao deixar de taxar mais ricos no Brasil (Foto: Reprodução/Instagram )

o ex-ministro Ciro Gomes retornou às redes sociais nesta quarta-feira, 28, para reforçar críticas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), seu maior adversário para a disputa de sucessão presidencial em 2022. Em vídeo publicado, o pedetista sugere que o líder do PT deixou de taxar as grandes fortunas brasileiras enquanto esteve no Planalto. 

No início do material, Ciro comenta: "Claro que envelhecer não é nenhum problema. Terrível mesmo é o envelhecimento das ideias. Pior ainda quando nos agarramos a ideias falsas para trair compromissos". Logo depois, ele exibe um vídeo onde Lula declara: "O problema não é taxar as grandes fortunas. Porque você pode taxar as grandes fortunas e elas voarem para outros pais". 

Ao questionar a fala, Ciro afirma que Lula "diz uma mentira dupla". "Primeiro, porque a maioria dos países taxam os grandes patrimônios. Segundo que o PT sempre defendeu essa taxação e nunca teve coragem de implantá-la em seus governos. Fazer os super ricos pagar impostos só não é possível como absolutamente necessário. É uma forma de acabar com a pouca vergonha de pobre pagar mais imposto do que rico" avalia. 

O presidenciável lembra ainda que, quando era ministro da Fazenda, cobrou impostos sobre lucros e dividendos, e acrescenta: "na época, ninguém quebrou ou fugiu do país, mas depois, Fernando Henrique e Lula revogaram a medida para beneficiar os mais rico. Pergunto, para onde e como iriam fugir os ricos, já que todos os países com condições iguais ou melhores que o brasil taxam as grandes fortunas?".

É a segunda vez em apenas um dia que o pedetista levanta questionamentos ao presidenciável do PT. Mais cedo, o cearense afirmou que seu opositor "tenta dar a impressão que foi inocentado pelo STF". 

Por fim, Ciro volta a criticar o ex-presidente ao alegar que Lula "comandou o país por 14 anos e não mudou nada". "Além disso, com seu argumento falso, dá munição para a defesa dos super ricos, a gente pode se indignar, mas não se surpreender. Basta ver tudo que ele tem feito, dito e com quem tem tentado se aliar nos últimos meses", finaliza. 

Confira: