PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Foto de Bolsonaro com neta de ministro de Hitler causa incômodo entre judeus

Segundo colunista, o ex-secretário de Comunicação do Planalto, Fabio Wajngarten, relatou a amigos que está sendo duramente cobrado por integrantes da comunidade judaica

Filipe Pereira
13:58 | 26/07/2021
Foto de Bolsonaro com neta de ministro de Hitler causa incômodo entre judeus (Foto: Reprodução)
Foto de Bolsonaro com neta de ministro de Hitler causa incômodo entre judeus (Foto: Reprodução)

A comunidade judaica não recebeu bem a foto em que o presidente Jair Bolsonaro apareceu junto com Beatrix Von Storch, deputada do partido de extrema-direita alemão AfD. Ela é neta de Ludwig Schwerin von Krosigk, antigo ministro das Finanças do regime nazista de Adolf Hitler. A informação é do colunista Guilherme Amado, do Metrópoles. 

Segundo o jornalista, o ex-secretário de Comunicação do Planalto, Fabio Wajngarten, relatou a amigos que está sendo duramente cobrado por integrantes da comunidade, que estão enviando fotos do avô da deputada com Hitler.

Lutz Graf Schwerin von Krosigk foi ministro das Finanças na Alemanha nazista e serviu no Terceiro Reich, desde a nomeação de Hitler como chanceler até o fim da Segunda Guerra Mundial.

História

Obcecado com o ideal de pureza racial, o líder nazista Adolf Hitler compreendeu a História como uma permanente luta entre as diferentes raças, na qual a raça superior devia utilizar todos os meios necessários para manter sua pureza. A essa visão histórica, foi acrescentado o mito da “conspiração judaica mundial”, fortemente difundido em toda a Europa.

O discurso colaborou para o holocausto, nome que se dá para o genocídio cometido pelos nazistas ao longo da Segunda Guerra Mundial e que vitimou aproximadamente seis milhões de pessoas entre judeus, ciganos, homossexuais, testemunhas de Jeová, deficientes físicos e mentais, opositores políticos, etc.