PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Disputa "pega fogo" em Missão Velha a seis dias das eleições; deputados entram em campanhas

A poucos dias das eleições, além da participação do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), deputados também aparecem como cabos eleitorais

Filipe Pereira
18:10 | 26/07/2021
População de Missão Velha acirra disputa nas ruas; deputados também integram campanhas (Foto: Reprodução)
População de Missão Velha acirra disputa nas ruas; deputados também integram campanhas (Foto: Reprodução)

A poucos dias das eleições suplementares, a serem realizadas no próximo domingo, 1º de agosto, a população de Missão Velha já ocupa as ruas da cidade e evidencia o acirramento da disputa que divide o eleitorado do município, do interior cearense. Os ânimos elevados possuem uma explicação, cada candidato à Prefeitura possui o apoio de um presidenciável para 2022: o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). 

Uma das candidatas à Prefeitura é a petista Fitinha. Ela era vice de chapa nas eleições municipais de 2020, tendo o apoio do prefeito eleito, Dr. Washington Macedo (MDB), que teve o registro de candidatura indeferido por improbidade administrativa. Agora, assume a cabeça de chapa, tendo como vice Seu
Tião (MDB), pai do político cassado.

Nas redes sociais, a candidata já recebeu apoio de parlamentares cearenses, entre eles está o deputado federal José Guimarães (PT). "Em Missão Velha, apoiamos a candidata Fitinha na eleição fora de época que acontece nos próximos dias. Foi bonito ver a esperança do povo e a boa lembrança que todos guardam do presidente Lula", disse em publicação. 

Segundo Guimarães, a petista reúne "todas as forças que têm compromisso com a cidade" e deve garantir a "segurança política e jurídica para os próximos quatro anos". "O desempenho dela está sendo bom e muito satisfatório. Ela começou lá atrás e não temos dúvidas que já virou a eleição. A disputa não é entre Ciro e Lula, é entre quem tem maior apoio. Ela está cercada dos melhores políticos da melhor política", disse o deputado. 

No dia 10 de julho, o deputado Fernando Santana, vice-presidente da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) participou de reuniões e visitas no município para apoiar Fitinha. "Com todos os cuidados de segurança, uso da máscaras, álcool em gel, conversamos com mulheres, homens e jovens. Amigos e lideranças estão juntos conosco nesse projeto por uma Missão Velha mais justa e mais desenvolvida", disse em sua página nas redes sociais.

Quem também aparece ativamente na campanha é o deputado estadual Guilherme Landim (PDT), que ao invés de apoiar Dr. Lorim, seu correligionário, defende a candidatura de oposição. Em uma de suas publicações, o parlamentar diz: "Tenho certeza que Missão Velha quer e merece uma gestora que trabalhe olhando nos olhos da população, com muita seriedade". Em vídeo divulgado nas redes sociais de Fitinha, o deputado aparece ao seu lado. 

Em oposição, concorre Dr. Lorim (PDT), candidato apoiado por Ciro. O pedetista é ex-vice-prefeito da cidade e foi o nome derrotado por Washington, em 2020. Após ter candidatura impugnada, a Justiça Eleitoral da 16ª Zona Eleitoral do Ceará decidiu pela sua elegibilidade. No dia 26 de setembro, o médico teve sua candidatura oficializada em evento que contou com a participação da deputada estadual Patrícia Aguiar (PSD) e do filho, deputado federal Domingos Neto (PSD). 

 

Para o presidente estadual do PDT, deputado André Figueiredo, como a candidatura do PT possui apoio de nomes pedetistas, a expectativa é que a campanha siga em respeito à adversária. "Nós não queremos desmerecer nosso adversário, até porque ela [Fitinha] é apoiada por companheiros nossos que, historicamente, foram aliados ao grupo que ela representa. Queremos fortalecer a imagem do Lorim de modo a fazer que a população entenda que precisa-se mudar a gestão que vem sendo colocada e prática", avalia.