PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

CNT/MDA: Maioria dos brasileiros reprova condução do governo federal na pandemia

Para 49% dos entrevistados, o presidente Jair Bolsonaro é o maior responsável pela demora na vacinação contra a Covid-19

Filipe Pereira
13:30 | 05/07/2021
O ministro da saúde, Marcelo Queiroga e o presidente da República, Jair Bolsonaro falam à imprensa, após cerimônia de assinatura do termo de colaboração e transferência de tecnologia do laboratório AstraZeneca com a Fiocruz (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
O ministro da saúde, Marcelo Queiroga e o presidente da República, Jair Bolsonaro falam à imprensa, após cerimônia de assinatura do termo de colaboração e transferência de tecnologia do laboratório AstraZeneca com a Fiocruz (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Dados da pesquisa conduzida pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e pela MDA mostram que os brasileiros, de uma maneira geral, reprovam a condução dada pelo governo federal à pandemia de Covid-19 - 57,3%, ante 39% de aprovação. Os dados cruzam com o aumento da desaprovação do governo do presidente Jair Bolsonaro, que foi ao maior patamar desde o início da gestão, em 2019. 

LEIA MAIS l Pesquisa CNT: Lula lidera com 41,3%, Bolsonaro tem 26,6%; Ciro e Moro empatam com 5,9%

Gestão da pandemia da Covid-19 

•39% aprovam a atuação do governo federal no combate à pandemia, enquanto 57,2% desaprovam. Outros 3,8% não sabem ou não responderam.

•58,8% aprovam a atuação do governo estadual no combate à pandemia, enquanto 36,7% desaprovam. Outros 4,5% não sabem ou não responderam.

•6,7% consideram ótima a atuação do Ministério da Saúde no combate à pandemia e 27,8% consideram boa. Já 33,4% consideram regular, enquanto 14,2% consideram ruim e 16,1% consideram péssima.

A aprovação da gestão na pandemia vem caindo sucessivamente. Em outubro de 2020, 57,1% avaliavam condução como positiva. Já em fevereiro de 2021, o percentual caiu 54% e depois para 39% em julho deste ano. Já a reprovação só aumentou. Era 39% em outubro de 2020, 42% em fevereiro deste ano e 57% em julho. 

Para 49% dos entrevistados, o presidente Jair Bolsonaro é o maior responsável pela demora na vacinação contra a Covid-19, enquanto 5,6% consideram que o maior responsável é o governador do seu estado e 1,4% consideram o prefeito. Já 24,3% dos entrevistados consideram que todos eles (Presidente, Governador e Prefeito) são os maiores responsáveis pela demora na vacinação.

Comandada atualmente por Marcelo Queiroga, o Ministério da Saúde vem enfrentando uma série de polêmicas envolvendo investigações sobre supostas irregularidades em compras da vacina Covaxin, reveladas na CPI da Covid nas últimas semanas. A gestão Bolsonaro também enfrenta seu maior desgaste com a realização de inúmeros atos contra o governo federal devido aos mais de 500 mil mortos pelo coronavírus e o atraso da imunização no Brasil.