PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Após criticar Leite, Jean Wyllys cobra destaque "ao fato de governadora Fátima Bezerra ser lésbica"

Willys publicou uma sequência de postagens no Twitter, na madrugada desta sexta-feira, 2, onde destaca apoio de Leite a Bolsonaro em 2018 e lembra governadora do Rio Grande do Norte como exemplo de luta pela causa LGBTQIA+

15:32 | 02/07/2021
NULL (Foto: )
NULL (Foto: )

O ex-deputado federal Jean Wyllys criticou a forma como a imprensa está lidando com o anúncio do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), que assumiu ser gay durante entrevista no programa de Pedro Bial, da Rede Globo. O ex-parlamentar citou ainda a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), como a primeira chefe de um Executivo estadual assumidamente lésbica e punica mulher dentre os 27 governadores.

“Que destaque foi dado por essa mesma imprensa ao fato de Fátima Bezerra, governadora do RN e aliada desde sempre da comunidade LGBTQ, ser lésbica? Nenhum. Mas decidem fazer uma festa com o outing tardio do governador, feito sob medida num programa da TV Globo”.

Willys publicou uma sequência de postagens no Twitter, na madrugada desta sexta-feira, 2 de julho, em que destaca que Leite não foi questionado em nenhum momento do motivo que o levou a apoiar “explícita e alegremente um racista homofóbico que atua contra a comunidade (LGBTQIA+)”, escreveu, referindo-se ao apoio dado ao então candidato presidencial Jair Bolsonaro, no segundo turno eleitoral de 2018.