Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Assembleia Legislativa retoma atividades presenciais com restrições e poucos deputados

O presidente da Casa, deputado Evandro Leitão (PDT), pediu minuto de silêncio em memória das vítimas da Covid-19. O deputado falou sobre aprovação de pautas durante a pandemia e pediu obediência aos decretos estaduais

A Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) retomou nesta quinta-feira, 6, as atividades presenciais, com a adoção do modelo híbrido (virtual e presencial). A sessão plenária foi iniciada por volta das 10 horas da manhã com uma baixa adesão dos deputados estaduais, todos com o uso de máscaras de proteção e cumprindo os protocolos de distanciamento social para a segurança dos servidores. Do total de 45 parlamentares, 15 estiveram presentes na Casa. 

Durante a abertura das trabalhos, o presidente da AL , deputado Evandro Leitão (PDT), pediu minuto de silêncio em memória das vítimas da Covid-19. Ele lamentou o saldo de mais de 412 mil vidas perdidas no Brasil  - sendo 18.167 cearenses - e as mais de 70 perdas para a doença na Assembleia, desde o começo da pandemia.

O parlamentar reforçou que “infelizmente, a pandemia não acabou”, e pediu que a população mantenha obediência aos protocolos de saúde e decretos estaduais. “Essas medidas são muito importantes para salvarmos vidas. Estamos em um País com apenas 8% da população vacinada, com um plano nacional de vacinação atrasado”, disse. O pedetista ressaltou que as mortes começaram a diminuir, entre outras coisas, graças às medidas de isolamento social rígido. No entanto, é preciso a colaboração de todos para que “cheguemos ao ponto em que ninguém mais tenha essa doença de forma fatal”.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

LEIA MAIS l Após denúncia de nepotismo, Evandro Leitão garante assessoria jurídica ao deputado André Fernandes

Sobre as atividades parlamentares, o presidente ressaltou que, apesar dos quase dois meses de trabalhos virtuais, a Casa manteve a aprovação de projetos e discussões para o Estado. "O Poder Legislativo é a voz do povo. Temos atuado, com a aprovação de políticas públicas, pois dessa forma amenizar os efeitos devastadores dessa pandemia, que assola o mundo todo”, disse. 

O deputados pontuou destaques apresentados por parlamentares e governo que foram aprovadas durante as sessões remotas, como a isenção de contas de água e pagamento de contas de energia, o pacote de medidas para o setor de alimentação fora do lar e de eventos, e o aumento salarial para os professores da educação básica do Estado. Ele pediu a sensibilidade dos parlamentares para aprovação de projeto da Mesa Diretora que autoriza a Casa adquirir e distribuir cestas básicas para pessoas em vulnerabilidade social.

O presidente também falou sobre a tramitação do projeto de lei de autoria do Executivo que trata de concurso público para mais de dois mil policiais militares no Ceará. “É uma categoria extremamente importante e que o Governo do Estado tem tido um cuidado especial, visando trazer e dar mais segurança para a população cearense”, destacou. A iniciativa também foi comentada pelo líder do governo, Júlio César Filho (Cidadania). 

Sobre o concurso público da Casa, Leitão adiantou ainda que a intenção da Mesa Diretora é realizar o exame no início do segundo semestre de 2021. Ele destacou que o certame ainda deve ser tratado em discussão no Colegiado. Em fevereiro deste ano, o presidente confirmou a retomada do concurso, processo iniciado pelo antecessor, José Sarto (PDT), eleito prefeito de Fortaleza.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar