Participamos do

Sarto toma posse: "Não há espaço para o negacionismo que despreza a ciência"

O novo prefeito de Fortaleza fez o primeiro discurso após a posse, realizada na Câmara Municipal
17:30 | Jan. 01, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

No discurso de posse na Câmara Municipal, o prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), apontou como objetivo construir uma cidade "mais justa, mais humana, mais inclusiva". Ele reafirmou as prioridades imediatas apontadas na campanha: saúde, no combate à pandemia, recuperação da economia e educação com preparação da volta às aulas.

"Não há tempo nem espaço para o negacionismo que despreza a ciência", disse Sarto.

Assista:

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O prefeito recém-empossado acrescentou: "A vida de nossa gente é nosso bem mais precioso e nós não podemos permitir que obscurantismo atrapalhe nossa missão de superar essa pandemia e de salvar vidas".

Ele pediu apoio à Câmara nessa tarefa de enfrentamento à pandemia.

Diálogo

A tônica do discurso de Sarto enfatizou a tentativa de superar a divisão política de Fortaleza demonstrada nas urnas. O segundo turno contra Capitão Wagner (Pros) foi o mais apertado da história de Fortaleza, com Sarto vencendo com 51,69% contra 48,31% de Wagner.

"As eleições passaram", disse Sarto, reforçando seu dever de administrar visando o bem comum dos fortalezenses. Ele prometeu governar com diálogo e franqueza. "Agora eu sou prefeito de todos e de todas", afirmou, acrescentando: "A eleição acabou, é página virada."

Governador

Após Sarto, discursou virtualmente o governador Camilo Santana (PT), que, no nome do prefeito da Capital, saudou todos os prefeitos, vice-prefeitos e vereadores do Ceará empossados hoje. Camilo destacou o trabalho em parceria com o agora ex-prefeito Roberto Cláudio (PDT) e se propôs a ampliar a parceria com Sarto.

Ouça o podcast Jogo Político:

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags