PUBLICIDADE
Política
Noticia

Sem Luizianne, PT oficializa apoio a Sarto no 2º turno

Presidente do partido disse que derrotar Capitão Wagner é "responsabilidade política e obrigação moral"

17:06 | 17/11/2020
PT declarou apoio a Sarto e Élcio no 2º turno contra Capitão Wagner (Foto: Carlos Mazza/O POVO)
PT declarou apoio a Sarto e Élcio no 2º turno contra Capitão Wagner (Foto: Carlos Mazza/O POVO)

Na sede do PT Ceará, dirigentes do PT formalizaram o apoio do partido à candidatura de José Sarto (PDT) no segundo turno da eleição em Fortaleza, na tarde desta terça-feira, 17. "Nós nos sentimos na responsabilidade política, na obrigação moral de derrotar o fascismo, de derrotar o seu representante nesta eleição, que é o (Capitão) Wagner", disse o vereador reeleito e presidente do PT em Fortaleza, Guilherme Sampaio.

"No 2º turno, essa derrota se faz através da candidatura do PDT, do candidato Sarto e do candidato Élcio (Batista, do PSB)", completou. A decisão de apoiar Sarto havia sido tomada em reunião de manhã.

Candidata do PT a prefeita e terceira colocada na disputa, Luizianne Lins (PT) não estava presente e não se manifestou até o momento. Na noite da eleição, Capitão Wagner (Pros) disse que considera impossível Luizianne apoiar o candidato do grupo Ferreira Gomes.

Guilherme disse que o fascismo está representado pelo presidente Jair Bolsonaro, a quem chamou de genocida e disse que ele já deveria ter sofrido impeachment.

Na avaliação de Guilherme, se tivesse sido formada uma frente com PCdoB e Psol e se tivesse havido mais "apoio partidário", segundo ele, seria o PT no segundo turno contra Sarto, e não Capitão Wagner.

Na segunda-feira, o governador Camilo Santana (PT) já havia declarado apoio a Sarto.

Com informações do repórter Carlos Mazza

Ouça o podcast Recorte