PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Primeiro-ministro do Líbano deve anunciar renúncia de todo o Governo

Quatro membros de seu gabinete já haviam renunciado desde domingo, após a tragédia de 4 de agosto que matou pelo menos 160 pessoas e reviveu os protestos populares.

12:27 | 10/08/2020
Uma vista aérea mostra o enorme dano causado aos silos de grãos do porto de Beirute (C) e a área ao redor em 5 de agosto de 2020, um dia depois que uma mega explosão atingiu o porto no coração da capital libanesa com a força de um terremoto, matando mais de 100 pessoas e ferindo mais de 4.000. - As equipes de resgate procuraram sobreviventes em Beirute pela manhã após uma explosão cataclísmica no porto semear devastação em bairros inteiros, matando mais de 100 pessoas, ferindo milhares e mergulhando o Líbano em uma crise mais profunda. (Foto de AFP) (Foto: AFP)
Uma vista aérea mostra o enorme dano causado aos silos de grãos do porto de Beirute (C) e a área ao redor em 5 de agosto de 2020, um dia depois que uma mega explosão atingiu o porto no coração da capital libanesa com a força de um terremoto, matando mais de 100 pessoas e ferindo mais de 4.000. - As equipes de resgate procuraram sobreviventes em Beirute pela manhã após uma explosão cataclísmica no porto semear devastação em bairros inteiros, matando mais de 100 pessoas, ferindo milhares e mergulhando o Líbano em uma crise mais profunda. (Foto de AFP) (Foto: AFP)

O primeiro-ministro libanês, Hassan Diab, deve anunciar a dissolução de seu gabinete nesta segunda-feira, 10, à noite - período da tarde no Brasil, após as sucessivas renúncias de membros de sua equipe como resultado das explosões mortais no porto de Beirute, informou à AFP um ministro.

Diab, no comando do governo há quase sete meses, se dirigirá aos libaneses às 19h30min - 13h30min de Brasília.

Quatro membros de seu gabinete já haviam renunciado desde domingo, após a tragédia de 4 de agosto que matou pelo menos 160 pessoas e reacendeu os protestos populares.