PUBLICIDADE
Política
Noticia

Toda a bancada de deputados cearenses votou a favor da proposta que renova o Fundeb, em 2º turno

No segundo turno, seis se manifestaram contra a proposta, em uma sessão que teve quórum de 499 deputados no Plenário. Houve uma abstenção

Ismia Kariny
08:53 | 22/07/2020
Felipe Rigoni sentou na cadeira de presidente e proclamou o resultado da votação  (Foto: Agência Câmara)
Felipe Rigoni sentou na cadeira de presidente e proclamou o resultado da votação (Foto: Agência Câmara)

Toda a bancada cearense foi a favor da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que renova o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). A proposta foi aprovada em segundo turno na Câmara dos Deputados, na noite desta terça-feira, 7. Agora, ela seguirá para o Senado, onde também deve ser analisada em dois turnos.

O texto-base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 15/15, elaborado pela relatora Professora Dorinha Seabra (DEM-TO), propõe o aumento gradual da contribuição da União ao Fundeb, pelos próximos seis anos, de 10% para 23%. Ele foi aprovado com a ampla maioria dos votos, no primeiro turno: 499 deputados se colocaram à favor, e apenas sete votaram contra a proposta. A sessão contou com a participação de 506.

No segundo turno, seis se manifestaram contra a proposta, em uma sessão que teve quórum de 499 deputados no Plenário. Houve apenas uma abstenção, do deputado Márcio Labre (PSL-RJ), que mudou o votou contrário do primeiro turno. A proposta, que torna o Fundeb permanente, será enviada ao Senado para ser analisada também em dois turnos. O texto precisará da aprovação de pelo menos 49 deputados.

Votos contrários à PEC, no 1º turno

Bia Kicis (PSL-DF)
Chris Tonietto (PSL-RJ)
Filipe Barros (PSL-PR)
Junio Amaral (PSL-MG)
Luiz P. O. Bragança (PSL-SP)
Márcio Labre (PSL-RJ)
Paulo Martins (PSC-PR)

Votos contrários à PEC, no 2º turno

Bia Kicis (PSL-DF) votou NÃO
Chris Tonietto (PSL-RJ) votou NÃO
Dr Zacharias Calil (DEM-GO) votou NÃO
Filipe Barros (PSL-PR) votou NÃO
Junio Amaral (PSL-MG) votou NÃO
Paulo Martins (PSC-PR) votou NÃO

Abstenção - Márcio Labre (PSL-RJ)

No Ceará, toda a bancada foi a favor da matéria

Capitão Wagner (Pros) - SIM
Célio Studart (PV) - SIM
Luizianne (PT) - SIM
Guimarães (PT) - SIM
Idilvan (PDT) - SIM
Aníbal Gomes Suplente que exerceu mandato - SIM
AJ Albuquerque (PP) - SIM
Robério Monteiro (PDT) - SIM
Moses Rodrigues (MDB) - SIM
Pedro Bezerra (PTB) - SIM
Genecias Noronha (Solidariedade) - SIM
Domingos Neto (PSD) - SIM
Denis Bezerra (PSB) - SIM
André Figueiredo (PDT) - SIM
Ronaldo Martins (REPUBLICANOS-CE) Suplente que exerceu mandato - SIM
Leônidas Cristino (PDT) - SIM
Heitor Freire (PSL) - SIM
Eduardo Bismarck (PDT) - SIM
José Aírton (PT) - SIM
Júnior Mano (Patriotas) - SIM
Dr. Jaziel (PR) - SIM
Vaidon Oliveira (Pros) - SIM

Colaborou Filipe Pereira