PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

José Guimarães quer barrar transferência de R$ 83 mi do Bolsa Família para publicidade

Medida foi assinada nesta quinta-feira pelo Ministério da Economia

19:58 | 04/06/2020
José Guimarães (Foto: DIVULGAÇÃO)
José Guimarães (Foto: DIVULGAÇÃO)

O deputado federal José Guimarães (PT-CE) protocolou Projeto de Decreto Legislativo (PDL), nesta quinta-feira, 4, para que seja impedida a realocação de R$ 83 milhões do Bolsa Família para a Secretaria de Comunicação (Secom) do governo Bolsonaro.

Diante dos impactos econômicos gerados pela pandemia do coronavírus, argumenta o petista, a remanejo do valor se torna inadmissível. O repasse, foi publicado no Diário Oficial da União (DOU). Os repasses são assinados pelo secretário especial de Fazenda no Ministério da Economia, Waldery Rodrigues.

“As famílias de mais baixa renda, que apresentam baixa ou nenhuma capacidade de poupança, dependem desses recursos para sobrevivência com mínima dignidade, ainda mais em quarentena”, afirmou o petista.

Para Guimarães, o pagamento do auxílio emergencial pela Caixa não pode justificar a transferência hoje assinada, de acordo inciso 1º do 2º artigo do projeto de lei 873/2020, que impôs o auxílio

“O Bolsa Família vem sendo reduzido sistematicamente, sobretudo nas regiões mais pobres como Norte e Nordeste, onde a fila de espera para recebimento do benefício chega a mais de 400 mil famílias", ele protestou.