PUBLICIDADE
Política
Noticia

Em meio à pandemia, bolsonaristas convocam manifestação de uma semana em Brasília

A "Marcha para Brasília", como foi batizado o evento, está sendo organizada pelas redes sociais e, de acordo com idealizadores, pretende durar uma semana

21:36 | 25/04/2020
FORTALEZA, CE, Brasil. 15-03-2020: Manifestação em apoio ao presidente Jair Bolsonaro na praça do Imprensa. Manifestante levaram placas e criticaram congresso e STF.  (Foto: Júlio Caesar / O Povo)
FORTALEZA, CE, Brasil. 15-03-2020: Manifestação em apoio ao presidente Jair Bolsonaro na praça do Imprensa. Manifestante levaram placas e criticaram congresso e STF. (Foto: Júlio Caesar / O Povo) (Foto: JÚLIO CAESAR)

Mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus, que impõe restrições na circulação de pessoas em todo o País, estão circulando nas redes sociais diversas mensagens convocando apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a se juntarem em uma manifestação de uma semana na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. O apelo acontece após as repercussões negativas geradas com a demissão do ministro Sergio Moro e a troca no comando da Polícia Federal.

O ato deve ocorrer deste domingo (26) a 3 de abril e foi batizado de "Marcha para Brasília". Segundo a revista Veja, o protesto é organizado pela youtuber de extrema-direita Sara Winter e o perfil do Instagram "Robô", bastante conhecido entre os bolsonaristas, que conta com 3.276 seguidores, tendo Carlos e Flávio Bolsonaro, entre eles.

De acordo com os idealizadores do evento, a proposta é ocupar a frente do Congresso Nacional durante oito dias, com o intuito de pedir a saída de Rodrigo Maia da presidência da Câmara. Militares da reserva e mulheres de militares da ativa de baixa patente estão sendo convocados a participar. Confira alguns tweets de apoiadores:

De acordo com informe intitulado "Marcha para Brasília" que vêm circulando no Twitter, a ideia da manifestação é que pessoas de todo o País possam ir à Brasília e fazer, no dia 3 de abril, um "grande ato pela democracia do Brasil e contra os canalhas que estão roubando a Nação e tentando derrubar o presidente".

Do Jornal do Commercio para a Rede Nordeste