PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Bairros de Fortaleza registram panelaço contra Jair Bolsonaro; veja vídeos

O protesto faz parte da movimentação nacional convocada pelas redes sociais para esta quarta-feira, 18.

Alan Magno
19:57 | 18/03/2020
Na Aldeota, moradores projetaram em um edifício próximo à Faculdade Ari de Sá a frase
Na Aldeota, moradores projetaram em um edifício próximo à Faculdade Ari de Sá a frase "#Fora Bolsonaro" como forma de protestar contra o presidente. (Foto: Coluna Carlos Mazza)

Em Fortaleza, os bairros Meireles, Aldeota, Dionísio Torres, Cocó, Fátima, Papicu, Parquelândia, Varjota, Benfica, Maraponga, Messejana, Cambeba, e Jacarecanga registram panelaço contra o presidente Jair Bolsonaro (sem Partido) nesta terça-feira, 18. Os atos dão início aos protestos nacionais convocados contra Bolsonaro para às 20h30min na Capital. Algumas cidades do país chegaram a registrar panelaços ainda na noite de ontem, terça-feira, 17. Apoiadores do presidente realizaram um ato em prol de Bolsonaro às 21h de hoje como forma de demonstrar apoio ao então presidente e fazer frente às criticas que este tem recebido. O POVO identificou atos nos bairros Cocó e Aldeota, com frases de “Mito” e “Viva Bolsonaro”, mas sem registro das ações. Durante o ato a favor do presidente, diversas vaias também puderam ser ouvidas.

Além de bater em panelas, alguns manifestantes contra o presidente entoaram gritos de “Fora Bolsonaro”. Os atos acontecem após o deputado distrital Leandro Grass (Rede), na terça-feira, 17, encaminhar para a Secretaria Geral da Mesa, o pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro. O processo acusa Bolsonaro de crime de responsabilidade e cita, dentre outras acusações, o envolvimento da família Bolsonaro com milícias do Rio de Janeiro, a convocação feita pelo presidente para protestos contra o Congresso Nacional e os desrespeitos as medidas de segurança imposta pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Em Fortaleza, três bairros da cidade tiveram projeções de frases contra Bolsonaro. Na Aldeota, um dos bairros mais nobres da Capital, moradores realizaram projeções em um edifício próximo à Faculdade Ari de Sá. Os dizeres #Fora Bolsonaro", “Bolsonaro não é mais presidente” e “Bolsonaro, acabou” estamparam a fachada do prédio como forma de protestar contra o presidente.

As falas que se transformaram em slogan dos protestos contra Jair Bolsonaro foram proferidas por um haitiano na noite de segunda-feira, 16, em frente ao Palácio do Alvorada, local onde normalmente apoiadores do presidente se reúnem ao fim de cada dia. Além do Ceará, os estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Minas Gerais, Maranhão, Paraná, Curitiba, Pernambuco, Rio Grande do Sul também registraram atos contra o presidente.

Veja vídeos: 

Bairro Cocó:

Bairro Varjota:

Bairro Benfica:



Bairro Meireles: