PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Sergio Moro chega a Fortaleza para acompanhar operações da GLO

Comitiva interministerial deve se reunir com governador Camilo Santana no Palácio da Abolição nesta segunda, 24

Gabriela Feitosa
11:43 | 24/02/2020
Comitiva Interministerial chega a Fortaleza para acompanhar operações da GLO
Comitiva Interministerial chega a Fortaleza para acompanhar operações da GLO (Foto: Fábio Lima)

O ministro da Justiça Sérgio Moro chegou a Fortaleza por volta das 10 horas, na 10° região militar, para acompanhar a operação Garantia da Lei e da Ordem (GLO), aprovada pelo Governo Federal no dia 20, que trouxe ao Ceará tropas das Forças Armadas. O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva e advogado-geral da União, André Luiz Mendonça, também vieram para a Capital. O POVO acompanhou chegada da comitiva, que se reunião com equipes da 10° região e devem seguir para o Palácio da Abolição, onde serão recebidos pelo governador Camilo Santana. O general Cunha Mattos, responsável pela operação e por guiar a pasta de Segurança Pública no contexto atual, recebeu a comitiva.


Uma solenidade recebeu a comitiva. Moro acenou para a imprensa e para os presentes ao descer do carro. Ele sobrevoou Fortaleza de helicóptero, recebeu um boletim das ações do exército e deve se reunir com o governador Camilo Santana (PT) no Palácio da Abolição, onde haverá coletiva. Essa primeira reunião com equipes da 10° região deve tratar das estratégias e resultados obtidos nos últimos dias. Já a reunião do Palácio da Abolição deve ser maior, contando com governador Camilo Santana, Sérgio Moro e sua comitiva, e representantes das instituições que estão trabalhando na operação da GLO. O hino da infantaria tocou durante chegada da comitiva.

O grupo deve conceder entrevista coletiva após reuniões. O POVO segue acompanhando.


Garantia da Lei e da Ordem (GLO)

Diante do motim dos policiais militares no Ceará, o governador do Estado, Camilo Santana, formalizou ao presidente da República, Jair Bolsonaro, o pedido para uso de tropas das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem (GLO).Na solicitação, através do ofício nº 58/2020, Camilo argumenta que no momento "há insuficiência das forças estaduais para cumprimento regular de sua missão constitucional". Somente a Presidência da República pode confirmar a instauração de GLO, através de decreto. Foram pelo menos cinco ofícios enviados ao Palácio do Planalto e aos ministérios da Justiça e Segurança Pública e da Defesa.

Na manhã da quinta-feira, 20, cerca de 300 homens da Força Nacional, tropa federal formada por agentes especiais das polícias militares chegaram a Fortaleza para atuar na proteção das ruas.

A assessoria de imprensa do governador confirmou que os contatos com Brasília já estavam em andamento antes dos tiros que atingiram o senador licenciado Cid Gomes, no confronto com policiais amotinados no quartel da PM na cidade de Sobral.

Na confusão, em que o senador invadiu a unidade da PM dirigindo uma retroescavadeira e derrubou o portão do quartel, dois tiros disparados por policiais usando balaclavas e capacetes atingiram Cid. O parlamentar foi transferido para um hospital particular de Fortaleza na manhã de hoje.

O ofício cita que as tropas deverão atuar em Fortaleza, Região Metropolitana e no município de Sobral.

Capitão Wagner também esteve no local. Confira imagens da comitiva:

Clique na imagem para abrir a galeria
Com informações do jornalista Carlos Mazza