PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Vereadores aprovam em plenário elevação do número de Regionais

O Executivo municipal alega que o rearranjo não implicará em impactos financeiros negativos, mas em economia de R$ 197,9 mil

Carlos Holanda
17:38 | 18/12/2019
vista aérea Fortaleza
vista aérea Fortaleza (Foto: Fco fontenele)

Vereadores de Fortaleza aprovaram na tarde desta quarta-feira, 18, a elevação do número de Secretarias Regionais, das atuais sete para 12. A matéria tramitava em regime de urgência e, depois de tentativas da oposição de barrá-la, alegando tempo insuficiente para a discussão, o texto passou nas comissões conjuntas de Constituição e Orçamento e foi a plenário. Foram 23 favoráveis, dois votos contrários e três abstenções. Agora, o texto segue para sanção do prefeito Roberto Cláudio (PDT).

A bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) foi das mais enfáticas na oposição ao texto. As emendas dos petistas Guilherme Sampaio (três) e Larissa Gaspar (uma) tiveram pareceres contrários do relator do PLC/37/2019, o líder de Roberto Cláudio na Câmara, Ésio Feitosa (PDT). Mesmo assim, na hora de encaminhar o voto, a bancada da legenda se absteve, em vez de votar negativamente. 

"Consideramos interessante a proposta de descentralizar a administração para que ela esteja mais perto da população. Porém consideramos equivocado o envio da matéria na última semana de trabalho na casa", explicou Gaspar sobre a decisão do partido, que ainda tem Ronivaldo Maia entre os parlamentares. 

Reunimos a bancada e avaliamos que no nosso programa de governo deve discutir a territorialização , não somos contra a tese. No entanto, nossa forma de fazer será ouvindo o povo . E da forma que a prefeitura enviou, sem tempo hábil para isso, achamos melhor nos abster

O Executivo municipal alega que o rearranjo não implicará em impactos financeiros negativos, mas em economia de R$ 197,9 mil. 

Mapa das regionais
Mapa das regionais (Foto: Arte: Luciana Pimenta)

Vice-presidente da Casa, Adail Júnior (PDT) comemorou o saldo positivo e reforçou que um dos argumentos da oposição sobre impacto negativo financeiro não se sustenta, já que, apesar da elevação do número de Regionais, os secretários diminuirão, sendo 12 responsáveis por cada espaço.

Ele acrescentou ainda não ser verdadeira a versão de outro opositor, Sargento Reginauro (indo para o Pros), de que o prefeito só percebeu que teria de reformar a estrutura neste ano. Em 2014, por exemplo, foi criada a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), responsável pela fiscalização de obras na Capital, além de ter ampliado as margens de ação da Guarda Municipal de Fortaleza (ver mais neste link).

Ouça o podcast:

Listen to "Jogo Político" on Spreaker.