PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

'Pelo bafo, não vai ter emprego', diz Bolsonaro sobre homem que pede ajuda

'Só pelo bafo não vai ter emprego', disse o presidente após pedido de selfie na entrada do Palácio da Alvorada

17:19 | 28/09/2019
O comentário foi feito a um dos seguranças
O comentário foi feito a um dos seguranças (Foto: Reprodução/ Facebook)

Na manhã dessa sexta-feira, 27, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) reclamou do mau hálito de um apoiador que o esperava na porta do Palácio da Alvorada, em Brasília. O comentário foi feito a um dos seus seguranças após o homem pedir ajuda ao presidente.

 

"Só pelo bafo, não vai ter emprego", comentou Bolsonaro. O homem, que aparece de camisa vermelha no vídeo, diz palavas de apoio ao presidente e, em seguida, pede para Bolsonaro o ajudar. O vídeo foi publicado no Facebook do chefe do Executivo.

O comentário do presidente gerou repercussão nas redes sociais. No Twitter, o perfil oficial do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) chamou Bolsonaro de 'asqueroso'.

Já a deputada federal Erika Kokay (PT-DF) comentou que o presidente trata o desempregado com 'deboche e desdém'. A também deputada federal pelo PT Gleisi Hoffmann chamou a atitude de Bolsonaro de 'desumana'.

Uma usuária do Twitter afirmou que a situação foi 'deprimente' e comentou que o presidente ''desconhece a lei do retorno''.