PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Bolsonaro diz que para "virar" nordestino só falta "crescer a cabeça"

A declaração veio após ser indagado se estaria virando um "cabra da peste", devido às recentes visitas ao Nordeste

14:58 | 06/08/2019
A declaração veio após ser indagado se estaria virando um
A declaração veio após ser indagado se estaria virando um "cabra da peste", devido às recentes visitas ao Nordeste(Foto: Reprodução/Facebook)

Em um vídeo publicado no Facebook pelo deputado federal Cláudio Cajado (PP-BA), o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que para se "tornar" nordestino faltaria apenas crescer a sua cabeça. Bolsonaro deu a declaração após ser questionado pelo deputado se estaria virando um "cabra da peste" - expressão popular regional que se refere a homens de coragem - devido às recentes visitas do presidente à região.

"Segunda vez que vem na Bahia, várias vezes no Nordeste, o senhor tá virando um 'cabra da peste'?", indagou o deputado Cláudio Cajado. O presidente, em meio a risos, respondeu que "só falta crescer um pouquinho a cabeça". Bolsonaro deu a declaração antes de discursar na inauguração de uma hidrelétrica na cidade de Sobradinho, na Bahia, nessa segunda-feira (5). Veja vídeo:

Posteriormente, Bolsonaro afirmou que era muito satisfatória estar na Região e exaltou a inauguração da nova hidrelétrica. "Nessa plataforma aí, que vai gerar energia solar no lago, renovável, né. Esse pioneirismo é muito bom para o Brasil e mostra para o mundo que o Brasil está no caminho certo", argumentou o presidente.

Ele finalizou dizendo que o Nordeste pertence ao Brasil. "O Brasil vai chegar no lugar que ele merece e o Nordeste é nosso", afirmou.

Críticas aos governadores do Nordeste

Em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo, Bolsonaro acusou os governadores dos Estados da Região Nordeste de agir "para dividir o país", enquanto ele trabalha pela união.

"Se não todos, a maioria dos nove governadores quer começar a implementar a divisão do Nordeste contra o resto do Brasil", falou o presidente.

Listen to "#45 - Bolsonaro conseguirá o apoio dos nordestinos?" on Spreaker.

Polêmica recente

Em julho deste ano, Bolsonaro protagonizou outra polêmica envolvendo a Região Nordeste. Em uma conversa informal com o ministro Onyx Lorenzoni, em áudio vazado, durante uma reunião com jornalista estrangeiros, Bolsonaro atacou o governador do Maranhão, Flávio Dino, e chamou a Região de 'Paraíba'. "Dos governadores de 'Paraíba', o pior é o do Maranhão. Não tem que ter nada com esse cara", disparou o presidente, à época.

Posteriormente, Bolsonaro negou a ofensa e disse que não chamou a Região por 'Paraíba' e, sim, criticou os governadores dos estados de Maranhão e Paraíba.

do Jornal do Commercio Online

Via Rede Nordeste