PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Mandato do prefeito de Nova Olinda é cassado; vice assume nesta quinta

Em fevereiro, Afonso Domingos Sampaio (PSD) havia sido afastado do posto por suspeita de irregularidade na compra de combustível para abastecer a frota da prefeitura entre 2017 e 2018

14:23 | 29/05/2019
Em fevereiro, Afonso Domingos Sampaio (PSD) havia sido afastado do posto por suspeita de irregularidade na compra de combustível para abastecer a frota da prefeitura entre 2017 e 2018.
Em fevereiro, Afonso Domingos Sampaio (PSD) havia sido afastado do posto por suspeita de irregularidade na compra de combustível para abastecer a frota da prefeitura entre 2017 e 2018.(Foto: (Foto: Divulgação))

A Câmara Municipal de Nova Olinda convocou uma sessão extra na manhã desta quarta-feira, 29, para avaliar a acusação de infração na política administrativa pelo prefeito Afonso Domingos Sampaio (PSD). No fim desta manhã, a Casa decidiu por cassar o mandato do gestor. O vice, Ítalo Brito Alencar (PP), assume o cargo nesta quinta-feira, 30, às 9 horas. As informações são do jornalista Amaury Alencar.

A derrota do pessedista ocorreu por nove votos a dois. Em fevereiro, ele havia sido afastado do posto por suspeita de irregularidade na compra de combustível para abastecer a frota da prefeitura entre 2017 e 2018. A denúncia teve de ser avaliada por uma comissão formada por Antonio de Deda como presidente, Tier Feitosa como secretário e Neném Camilo como membro.

À época, Afonso declarou que o seu afastamento tratava-se de "uma perseguição política de ordem de um complô do presidente da Câmara (José Vieira da Silva - PMN), junto aos vereadores e ao vice-prefeito, que quer assumir o município a qualquer custo".

Foi solicitado reforço policial para a sessão, mas o clima na Casa esteve tranquilo durante toda a manhã.

olaborou Amaury Alencar

Ingrid Campos