Participamos do

Turismo espanhol ficou longe da recuperação em 2021

13:54 | Jan. 13, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O turismo na Espanha continuou longe em 2021 dos níveis de antes da pandemia de coronavírus, com um volume de negócios menor em quase 43%, informaram nesta quinta-feira (13) os profissionais do setor, que esperam uma reativação mais forte este ano.

No total, o turismo gerou 88,5 bilhões de euros em 2021, segundo a Exceltur. Este número representa um aumento de 36 bilhões em relação a 2020, mas ainda é 42,8% menor que o de 2019 (155 bilhões).

A retomada da atividade, muito esperada após um 2020 catastrófico, ficou em "parcial" e "cheia de altos e baixos", destacou o vice-presidente da Exceltur, José Luis Zoreda, em entrevista coletiva.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Segundo a Exceltur, a atividade permaneceu "paralisada" até maio de 2021, consequência das restrições sanitárias. Depois, durante o verão foi registrado um aumento que voltaria a cair no final de novembro devido à explosão de casos gerada pela variante ômicron do coronavírus.

O turismo estrangeiro foi o mais afetado.

Apenas 31 milhões de visitantes chegaram à Espanha no ano passado, de acordo com a organização. Este número está muito distante do objetivo do governo, que esperava atrair 45 milhões de pessoas, cerca de metade do volume de 2019.

Segundo destino turístico mundial - atrás da França - antes da pandemia, a Espanha sofreu especialmente pela queda do turismo britânico, até então seu primeiro contingente de visitantes estrangeiros, à frente de franceses e alemães.

vab/mg/rs/al/mb/aa

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags