PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Argentina publica decreto com novo acordo para reestruturação de dívida

18:36 | 16/08/2020
O governo da Argentina publicou na madrugada deste domingo decreto que formaliza o acordo com três grupos de credores para reestruturar US$ 65 bilhões em dívida soberana não paga, tirando o país do calote. Pelo acordo, para cada US$ 100 emitidos em dívida, o governo pagará US$ 54,80. Títulos que seriam pagos em março e setembro dos próximos anos, porém, serão quitados em janeiro e julho. O prazo para os credores aceitarem a proposta foi estendido do dia 24 para 28 de agosto.
A Argentina, que havia caído em seu nono default soberano em maio, deverá passar por uma contração econômica de 12% neste ano, na esteira de dois anos seguidos de recessão. Os credores incluem o Ad Hoc Group (do qual faz parte o fundo BlackRock), o Comitê de Credores da Argentina e o Exchange Bondholder Group, trio que se uniu no mês passado em oposição à oferta anterior do governo, de abril, provocando um impasse que ameaçava inviabilizar um eventual acordo.
Em outro comunicado, o governo de Alberto Fernandéz diz que vai enviar a nova proposta para a Comissão de Valores Imobiliários (SEC, sigla em inglês) dos Estados Unidos amanhã, segunda-feira.