PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

De olho no Brexit, Reino Unido vai às urnas hoje

Caso não consigam obter maioria, os conservadores podem ter que administrar um governo minoritário, diminuindo as perspectivas de que o Brexit seja concluído em janeiro.

08:59 | 12/12/2019
O slogan da campanha dos conservadores, liderados pelo premiê Boris Johnson, é "Faça o Brexit Acontecer".
O slogan da campanha dos conservadores, liderados pelo premiê Boris Johnson, é "Faça o Brexit Acontecer". (Foto: AFP / JESSICA TAYLOR / UK Parliament)

Os eleitores do Reino Unido vão às urnas nesta quinta-feira, 12. A atenção está voltada para saber se o governista partido Conservador vai obter maioria para garantir a saída do país da União Europeia em janeiro.

As 650 cadeiras da Câmara dos Comuns estão disponíveis no pleito. O slogan da campanha dos conservadores, liderados pelo premiê Boris Johnson, é "Faça o Brexit Acontecer" até o fim de janeiro, com o apoio de uma maioria parlamentar.

Por outro lado, o Partido Trabalhista, liderado por Jeremy Corbyn, diz que vai recuperar as rédeas do governo, negociar melhores condições para o Brexit junto à União Europeia e realizar um novo referendo sobre a saída, com base nesses termos.

Saída do bloco

Se os conservadores garantirem a maioria, o parlamento deve aprovar os termos do acordo de saída negociado por Johnson com a União Europeia, abrindo caminho para que o Reino Unido deixe o bloco já no próximo mês.

Caso não consigam obter maioria, os conservadores podem ter que administrar um governo minoritário, diminuindo as perspectivas de que o Brexit seja concluído em janeiro. Se o Partido Trabalhista retomar o poder, pode haver um referendo para decidir o destino do Brexit.

Durante a campanha, os conservadores, de início, tinham uma grande vantagem, mas os trabalhistas, gradualmente, conseguiram diminuir esta margem. As mais recentes pesquisas de opinião mostram os conservadores com 43% e os trabalhistas com 34% das intenções de voto.