PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Presidente da Câmara dos Comuns britânica quer reconvocar deputados 'sem demora'

08:18 | 24/09/2019
O presidente da Câmara dos Comuns do Reino Unido, John Bercow, disse receber de bom grado o julgamento da Suprema Corte britânica de que a suspensão do Parlamento foi ilegal. Ele afirmou que a Casa tem de ser convocada "sem demora" e vai consultar os líderes partidários com urgência.
"Os juízes rejeitaram a alegação do governo de que fechar o Parlamento por cinco semanas foi meramente prática padrão para permitir um novo Discurso à Rainha", declarou Bercow em nota. "Ao alcançar a sua conclusão, eles justificaram o direito e dever do Parlamento de se reunir nesta hora crucial para escrutinar o Executivo e instar ministros a prestar contas."
Mais cedo, a Suprema Corte determinou que a suspensão do Parlamento fosse anulada. Segundo o veredicto, o primeiro-ministro Boris Johnson abusou de sua autoridade ao aconselhar a rainha Elizabeth II que suspendesse os trabalhos do Parlamento entre 9 de setembro e 14 de outubro.
O tribunal afirmou que o Parlamento tem direito de participar do debate sobre o Brexit e deve iniciar as providências para retomar os trabalhos.