PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Homens bêbados matam ave em extinção e são espancados na Alemanha

Segundo informações da Polícia de Titisee-Neustadt, cidade do sul alemão, os suspeitos cruzaram com a ave quando pegaram atalho por uma floresta

21:20 | 13/08/2019
Segundo informações da Polícia de Titisee-Neustadt, cidade do sul alemão, os suspeitos cruzaram com a ave quando pegaram atalho por uma floresta
Segundo informações da Polícia de Titisee-Neustadt, cidade do sul alemão, os suspeitos cruzaram com a ave quando pegaram atalho por uma floresta(Foto: Reprodução / Wikipédia)

Dois homens são suspeitos de matar um tetraz-grande na cidade de Titisee-Neustadt, no sul da Alemanha. O caso aconteceu no último sábado, 10, quando ambos, que tentavam atravessar uma floresta, se depararam com a ave – que tem aproximadamente o tamanho de uma galinha e está na lista de animais em extinção do país. Em forma de retaliação, testemunhas teriam espancado os jovens, de 20 anos e 22 anos, e derramado cerveja sobre eles, que estavam sob efeito de álcool.

De acordo com a Folha de S. Paulo, os homens de identidade não revelada voltavam do Laurentius Fest, festival famoso da região, no sábado, quando decidiram “pegar um atalho” por dentro da Floresta Negra. Segundo o guarda florestal Christian Sütfeld, responsável pela área, é possível que a ave tenha atacado os dois rapazes para proteger território.

“Como os cisnes, os tetrazes-grandes protegem o território onde vivem. Mas não representam ameaça à vida de ninguém. Se os homens tivessem recuado, não teria acontecido nada”, explicou.

Responsável pela conservação natural e pela fauna pela Federação Alemã para o Bem-Estar de Animais, o cientista Leonie Weltgen afirmou que a ave teria sido espancada com uma garrafa. “Havia penas faltando de seu peito e do pescoço”, disse. A causa da morte foi pescoço quebrado.

“Acho que foi pura e simples burrice. Não sei porque os dois não perceberam o que estavam fazendo”, comentou, acrescentando que os próprios rapazes filmaram a ação.

De acordo com a polícia local, após testemunhar a morte da ave, grupo de dez pessoas teria desferido socos e chutes contra os dois homens, além de terem derramado cerveja sobre eles.

O guarda florestal Christian Sütfeld informou que os suspeitos caminharam por um atalho de 250 metros, que passa pela floresta, provavelmente pelo território do tetraz-grande. “Se tivessem seguido a trilha demarcada, nada disso teria acontecido”, advertiu.

Tetraz-grande

O tetraz-grande é encontrado em abundância em parte da Eurásia, mas tornou-se cada vez mais raro na Europa ocidental. Na Alemanha, a ave consta na lista de espécies ameaçadas de extinção. A população dessa ave estaria diminuindo rapidamente devido à perda de habitat e de diversidade vegetal da floresta. Elas também são alvos de caçadores.

Na Alemanha, existem cerca de mil casais de tetrazes-grandes espalhados em área grande demais para poder garantir a continuidade natural da população. A maior concentração delas acontece na Floresta Negra. “O tetraz-grande é extremamente vulnerável ao estresse e vive tão isolado que deixou de haver qualquer contato entre as aves”, explicou Leonie Weltgen.

O Povo