PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Menina brasileira desaparece em rio entre EUA e México

00:04 | 04/07/2019
Mãe, que foi detida por agentes de fronteira americanos, afirmou que filha de 2 anos desapareceu durante travessia do rio Grande, que separa os dois países.Agentes da Patrulha Fronteiriça dos Estados Unidos realizam nesta quarta-feira (03/07) buscas por uma menina de dois anos de nacionalidade brasileira que caiu no rio Grande (também conhecido como rio Bravo), na fronteira com o México, quando fazia a travessia junto com a mãe, que é haitiana. Um porta-voz do Escritório de Alfândegas e Proteção Fronteiriça (CBP, na sigla em inglês) disse que os agentes continuam as buscas no rio, o mesmo onde no último dia 24 de junho foram encontrados do lado mexicano os corpos de um pai e sua filha procedentes de El Salvador. Segundo um comunicado do CBP, na última segunda-feira agentes da estação Del Río detiveram uma mulher pouco depois que esta cruzou o rio Grande procedente do México. A mulher, cuja identidade não foi revelada, informou aos agentes da Patrulha Fronteiriça que tinha perdido sua filha de dois anos enquanto atravessava o afluente. Imediatamente, agentes da estação e da Unidade de Trauma, Busca e Resgate da Patrulha Fronteiriça (Borstar) iniciaram uma operação para tentar encontrar a menina, apoiados por equipes da polícia da cidade mexicana de Ciudad Acuña. A busca, na qual também participam equipes aéreas, inclui ainda um veículo submersível operado remotamente e botes. "Não posso imaginar a angústia que os pais dessa pequena menina devem sentir e espero que nossos esforços de busca deem resultados positivos", afirmou o chefe da Patrulha do setor Del Río, Raul L. Ortiz, citado no comunicado. Recentemente, a trágica morte de um pai e sua filha atraiu novamente a atenção da imprensa de todo o mundo sobre o cruzamento permanente de imigrantes pelo rio, depois da divulgação de uma fotografia que refletia o desespero dos que tentam atravessar para os Estados Unidos. A estarrecedora imagem mostra Óscar Martínez, de 25 anos, e sua filha Valeria, de apenas 1, com os rostos na água na margem mexicana do rio. Além dos dois, no final de junho morreram também afogados, mas do lado americano, uma mulher e três crianças da Guatemala. JPS/efe ______________ A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | App | Instagram | Newsletter

Fonte: DW | dw-world.de

TAGS