PUBLICIDADE
Notícias

Venezuela suspende 'canal de comunicação' com EUA

18:45 | 20/03/2013
O governo venezuelano suspendeu o "canal de comunicação" estabelecido com os Estados Unidos no fim de 2012, disse hoje o chanceler Elias Jaua. "O canal de comunicação está suspenso no momento, adiado até que haja uma mensagem clara sobre que tipo de relacionamento os Estados Unidos querem com a Venezuela", ele disse.

Jaua explicou, contudo, que as relações diplomáticas e consulares entre os dois países estão mantidas. A Embaixada dos Estados Unidos em Caracas não se manifestou sobre o assunto.

Depois de ter acusado os Estados Unidos de terem provocado o câncer em Chávez, o presidente interino, Nicolás Maduro, acusa antigas autoridades dos EUA de planejarem o assassinato de Henrique Capriles - que está concorrendo às eleições presidenciais de 14 de abril - na esperança de fomentar um golpe de estado. O Departamento de Estado dos EUA nega a acusação e pede que o país tenha eleições presidenciais livres e justas.

Hoje, Jaua acusou dois ex-subsecretários de Estado dos EUA de buscarem mercenários da América Central para conduzir o suposto plano de assassinato. "Esperamos que haja uma retificação e que a interferência dos Estados Unidos cesse", disse Jaua. As informações são da Dow Jones e da Associated Press.

TAGS