Participamos do

Quatro corpos são encontrados na extensão do Rio Maranguapinho em uma semana

Rio Maranguapinho é usado para abandono de corpos vítimas da violência
22:29 | Out. 29, 2021
Autor Jéssika Sisnando
Foto do autor
Jéssika Sisnando Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Quatro corpos foram encontrados na extensão do Rio Maranguapinho, que percorre os bairros do Genibaú, Bonsucesso nos municípios de Maranguape, bairro São Miguel, em Caucaia, e Maracanaú. Os casos foram registrados entre os dias 25 e 29 deste mês.

O primeiro caso foi registrado no dia 25, em Maracanaú. Moradores encontraram um cadáver no local. Já no dia 26, o corpo de um adolescente foi encontrado no Rio Maranguapinho, na região de Maranguape.

Na quinta-feira, 28, um corpo do sexo masculino foi achado no Rio Maranguapinho, na área do Bonsucesso. Nesta sexta-feira, 29, mais um achado de cadáver, desta vez, entre o bairro Genibaú, em Fortaleza e São Miguel, na Caucaia.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Rio Maranguapinho usado para abandono de corpos

Há tempos, o Rio Maranguapinho é utilizado para abandono de corpos vítima de violência.

Em junho de 2020, Francisco Gilson Prudêncio da Silva, de 24 anos, foi encontrado boiando no rio em estado avançado de decomposição e apresentava muitos ferimentos. A Polícia Civil investigava o caso.

No dia 27 de agosto de 2020, uma mulher foi encontrada morta às margens do rio, na área da Granja Lisboa. Ela estava amarrada e com um pano enrolado ao pescoço. O Corpo de Bombeiros foi acionado para o local. Há também relatos de achados de cadáveres em 2011. 

Conteúdo sempre disponível e acessos ilimitados. Assine O POVO+ clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente