Participamos do

Ceará tem redução de roubos e furtos de veículos, mas média é de 36 casos por dia

A comparação é entre os meses de janeiro e setembro de 2020 e 2021. A média de roubos e furtos por dia passou de 40 para 36 no período
11:08 | Out. 26, 2021
Autor Angélica Feitosa
Foto do autor
Angélica Feitosa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O índice de roubos e de furtos de veículos no Ceará reduziu 10% de janeiro a setembro deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. Em 2021, o número total de crimes do tipo foi de 8.845. Já em 2020, a quantidade de carros foi de 9.843. A média de roubos por dia passou de 40 para 36 no período.

No ano passado, o Ceará registrou 6.777 roubos de veículos no período de janeiro a setembro. Neste ano, no mesmo recorte, o número caiu para 5.990, uma retração de 11,6%. Já os furtos foram de 3.066, em 2020, para 2.855, nos primeiros nove meses deste ano, apresentando uma redução de 6,9%.

LEIA MAIS| Roubos e furtos de veículos caem 23% no Ceará em oito meses em 2019

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O delegado adjunto da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC), Rafael Biazzi, destaca em nota, o trabalho de investigação desempenhado pela unidade especializada. “A queda dos índices dos roubos e furtos de veículos é fruto do intenso trabalho da DRFVC, tendo em vista que, com o indiciamento e pedido de prisão dos infratores, é inibida consideravelmente a prática desses delitos”, informa.

Segundo ele, assim que chega a informação de roubo e de furto, o trabalho de investigação é iniciado. “Identificamos os autores, realizamos os pedidos de prisões, para que a prática seja coibida”, ressalta.

Ainda de acordo com Biazzi, outra ação importante da DRFVC, que tem resultado na diminuição do roubo e furto de veículos, são as fiscalizações em sucatas e as investigações a fim de localizar os receptadores desses veículos. 

O resultado do indicador criminal do Estado foi divulgado nesta segunda-feira, 25, pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Os dados são compilados pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp).

Videomonitoramento

 


Uma das ferramentas que tem auxiliado na recuperação dos veículos furtados ou roubados no Ceará, ou que foram utilizados em outras situações de crime, é o Sistema Agilis. A inteligência artificial faz parte do Núcleo de Videomonitoramento (Nuvid) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS/CE).

O tenente-coronel Eduardo Montenegro, supervisor do Nuvid, informa em nota que, diariamente, veículos são recuperados por meio do sistema. “O Agilis capta as imagens dos veículos, emite um alerta, sendo estes então monitorados pelas câmeras do videomonitoramento. Depois disso, é realizada a imediata abordagem pelas forças policiais. Essa integração entre a tecnologia e as Forças de Segurança é um diferencial do Ceará”, comenta o oficial”.

Atualmente, o Ceará conta com mais de 3.300 câmeras integradas à Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) da SSPDS.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente