Participamos do

Cearense preso por armazenar drogas chegou na Argentina em voo fretado no mesmo dia da apreensão

Paulo Henrique Ferreira dos Santos, de 39 anos, armazenava cerca de 780 kg de entorpecentes em um lava-jato de sua propriedade, localizado no bairro Demócrito Rocha
12:19 | Out. 13, 2021
Autor Euziane Bastos
Foto do autor
Euziane Bastos Repórter Estagiária de Cidades
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Paulo Henrique Ferreira dos Santos, de 39 anos, que foi capturado em solo argentino pela Polícia Civil do Ceará na última quinta-feira, 7, suspeito de ser responsável pelo armazenamento de 780 kg de drogas, teria chegado ao País em voo fretado no mesmo dia da apreensão.

De acordo com a Polícia Civil (PC-CE), Santos já registrava antecedentes criminais e havia sido preso pela Policia Federal durante a "Operação Cardume", em 2013. Ele foi capturado no último dia 7 na cidade de Puerto Madryn, no sul da Argentina, quando tentava tirar visto de residência no órgão responsável pela migração - Direccion Nacional de Vigraciones (DNIN).

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

LEIA MAIS| Polícia apreende quase 800 kg de drogas em estacionamento desativado na Parangaba

As investigações apontam que Henrique chegou em um voo fretado na Argentina no mesmo dia em que a Policia Militar do Ceará apreendeu os 780 kg de entorpecentes em um lava-jato de propriedade dele, localizado no bairro Demócrito Rocha. 

Segundo o delegado titular da PC-CE, Alisson Gomes, pela quantidade de drogas apreendidas, não se trata de um crime individual. A ligação Paulo Henrique com organizações criminosas fica a cargo dos próximos passos da investigação.

O delegado geral adjunto da Polícia Civil, Márcio Gutierrez, informou que Paulo tinha uma participação estratégica na logística da comercialização da droga. "Essa prisão faz parte de uma diretriz da Polícia Civil do Estado do Ceará no sentido de identificar, localizar e prender indivíduos que tenham qualquer tipo de destaque dentro de grupos criminosos", explicou.


Após a apreensão, as investigações conduzidas pela PC-CE foram compartilhadas com a Policia Federal e com a Interpol.

Contra o suspeito, foi colocado um sinal de alerta vermelho da Interpol pelo mandado de prisão em aberto no Brasil, solicitado pela PC-CE, pelo crime de tráfico de drogas. Agora, Santos passa por processo na Argentina para ser extraditado ao Ceará, onde deverá responder pelo crime de tráfico de drogas.

Última atualização em 13/10/21, às 12:39.

(Com informações da repórter Angelica Feitosa)

 

Tenha acesso a reportagens especiais. Assine O POVO+ clicando aqui


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags