Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Sesc Fortaleza está com matrículas abertas para cursos de artes da Rede DAC

Os alunos aprenderão a utilizar materiais de pintura e desenho, bem como desenvolver técnicas artísticas, coordenação motora, etc. As aulas serão ministradas de forma presencial
23:49 | Ago. 04, 2021
Autor - Lara Vieira
Foto do autor
- Lara Vieira Autor
Tipo Noticia

A Rede Sesc de Desenvolvimento Artístico Cultural (Rede DAC) está com matrículas abertas para três cursos de artes. Segundo a instituição, estão ofertados os cursos de Pintura em Tela, Desenho e Pintura em Tecido. As classes serão ministradas de forma presencial, em Fortaleza, e são voltadas para pessoas com idade a partir de 14 anos. As aulas estão previstas para iniciar ainda no mês de agosto, com término em dezembro de 2021.

De acordo com o supervisor de Cultura do Sesc Ceará, Cleudivan Noronha, as matrículas estão abertas até o preenchimento das vagas e podem ser feitas no SAC da unidade do Sesc Fortaleza. Para realizar a matrícula, é necessário Cartão Sesc, RG, CPF e comprovante de residência para quem não possui o Cartão Sesc. Os valores variam de acordo com categoria comerciário, empresário, conveniado e público geral.

Os cursos

Na turma de Pintura em Tela básica do Sesc, o aluno aprenderá a utilizar o material necessário para pintura em tela, pintura em escala de cinza, pintura monocromática, mistura de cores, construção do círculo cromático, pintura de paisagem e de retrato.

Segundo o Sesc, o curso tem como objetivo o desenvolvimento da coordenação motora, da percepção das matizes, das formas e valores, além de ensinar como criar tridimensionalidade na pintura com luz, sombra e tons. Os alunos também vão aprender mais sobre perspectiva para a pintura de paisagem, anatomia básica da face para retratos, assim como vão exercitar a criação dos possíveis tons de pele.

Já o curso de Desenho foca na construção da forma do desenho, luz e sombra, retrato, perspectiva e técnicas. As aulas também vão ajudar os alunos a desenvolver a coordenação motora e a percepção das formas e valores, com o ensino de técnicas de desenho, tridimensionalidade com luz e sombra, anatomia básica da face para desenhos de retratos e perspectiva para paisagem.

No curso de Pintura em Tecido, o interessado vai aprender sobre a utilização dos materiais de pintura em tecido e mistura de cores, tridimensionalidade na pintura com luz e sombra e composição para criar produtos como camisetas e ecobags. Além disso, as aulas ajudam no desenvolvimento da coordenação motora, percepção das matizes, formas e valores.

Serviço:

Cursos Rede de Desenvolvimento Artístico do Sesc Ceará
Matrículas: SAC da Unidade Sesc Fortaleza - Rua Clarindo de Queiroz, 1740, Centro
Informações: (85) 3270.5400

Horário dos cursos:

Pintura em Tela - Segunda-Feira
Turma I - 16 às 18 horas
Turma II – 18 às 20 horas

Desenho - Terça-Feira
Turma I – 10 às 12 horas
Turma II – 14 às 16 horas

Pintura em Tecido - Quinta-Feira
Turma I – 10 às 12 horas
Turma II – 14 às 16 horas

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Alda Pessoa apresenta espetáculo "Discurso Sobre Nada" nesta quinta, 29

Experimento
00:30 | Jul. 29, 2021
Autor Clara Menezes
Foto do autor
Clara Menezes Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Uma atriz tentar dar continuidade ao seu trabalho mesmo com as dificuldades impostas pelo isolamento social. Confinada em sua casa, ela explora as realidades e as possibilidades do ambiente virtual. Expõe as dificuldades da comunicação e os problemas que as tecnologias trazem. Revela a situação vunerável em que a classe artística e a produção se encontram neste período. A partir deste contexto, Alda Pessoa protagoniza o experimento cênico “Discurso Sobre Nada”, que será exibido nesta quinta-feira, 29 de julho, no canal do Youtube do Sesc Ceará.

O evento ainda contará com um bate-papo no perfil do Instagram da instituição após a transmissão. “É uma experiência on-line que acontece ao vivo e que revela uma atriz que, confinada em sua casa, explora as múltiplas realidades possíveis daquele espaço e busca dar continuidade ao seu ofício, se desafiando dentro de novas configurações e estados de presença”, explica a protagonista.

O trabalho, idealizado no começo da pandemia, tem texto original de Marcio Abreu e direção do dramaturgo Juracy de Oliveira. “‘Discurso Sobre Nada’ é uma realização completamente independente, idealizada por artistas inquietos que se desafiaram a descobrir novas formas de criação remota. Um processo artesanal que ia se dando de acordo com as experimentações que íamos fazendo”, comenta.

Leia também | Festival online discute literatura e cultura LGBTQIA até sexta-feira, 30

De acordo com ela, as apresentações iniciaram ainda no ano passado. Com as várias edições, os três profissionais, ao lado do Pandêmica Coletivo Temporário de Criação, foram aperfeiçoando os modos de produção, arrecadação e divulgação. “É um processo ainda em fluxo e em construção. E assim será sempre”.

O espetáculo acontece ao vivo, em diálogo constante com o público presente. "'Discurso Sobre Nada' existe no momento presente. O encontro se dará entre atriz e plateia que, ao vivo, desafiarão o conceito de presença. Por isso, esperamos todes para esse desafio”, indica sobre o processo de construção da narrativa.

Para a atriz, a produção de “Discurso Sobre Nada” significou um alento neste momento de ausência e isolamento. “Significou também a retomada de uma grande parceria artística que tenho com o Juracy de Oliveira. Estudamos juntes, nos formamos, circulamos pelos principais festivais de teatro do Brasil… poder reencontrá-lo dessa forma foi um presente”, afirma.

Leia também | K-Expo 2021: Festival de cultura coreana reúne shows, concursos e tours

Ainda ressalta que foi uma possibilidade de entrar em contato com Márcio Abreu de uma maneira mais próxima. “Ele é esse grande fenômeno do teatro nacional, do qual sou grande admiradora. E foi uma alegria poder estar conectada com o público… Sempre fazemos bate-papo após a apresentação para poder ouvir as pessoas e saber como reverberou nelas. É uma conexão maravilhosa!”.

Alda Pessoa comenta que o período de isolamento social provocado pelo coronavírus afetou sua produção artística. “O nosso desespero por tudo o que tava acontecendo funcionou como mola propulsora para esse trabalho. O desejo de fazer, de desafiar as impossibilidades que se apresentaram, as muitas possibilidades do mundo virtual, as dificuldades de conexão e tecnológicas... Tudo isso nos deixou em alerta, sabe?”. Segundo ela: “a pandemia também escancara, de alguma forma, a intimidade. O público vem pra dentro da casa. Isso é totalmente assumido nessa experiência cênica”.

O experimento integra a programação do Dramaturgia Encena, ação do Sesc Ceará que busca divulgar obras da dramaturgia brasileira. Os espetáculos escolhidos trazem textos que dialogam com a realidade atual e são transmitidos em formato on-line. Os conteúdos, que ficam disponíveis virtualmente por tempo indeterminado, também são acessíveis em Libras e contam com tradução simultânea.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Peças de Mel Lisboa e Irene Ravache encerram Mostra de Teatro On-Line APTI

Teatro
00:00 | Jul. 29, 2021
Autor Vida&Arte
Foto do autor
Vida&Arte Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A 1ª Mostra de Teatro On-Line APTI chega ao fim com três espetáculos que terão sessões nos dias 31 de julho e 1º de agosto, sábado e domingo. O musical "Meu Amigo Meu Amigo Charlie Brown" e o espetáculo "Madame Blavatsky", de Mel Lisboa, ficarão disponíveis durante todo fim de semana, on demand. Já "Alma Despejada", com Irene Ravache, terá uma sessão especial no domingo, às 18h. Quem comprar o ingresso para a peça terá a oportunidade de participar de um bate-papo, ao final da sessão, com a participação Irene Ravache, Andréa Bassit (autora), Elias Andreato (diretor) e Odilon Wagner (vice-presidente da APTI).

Leia Também | Alda Pessoa apresenta espetáculo "Discurso Sobre Nada" nesta quinta, 29

Em "Madame Blavatsky", com texto de Claudia Barral e direção de Marcio Macena, a atriz Mel Lisboa conta a história de Helena Petrovna Van Blavatskaya, ou Madame Blavatsky (1931-1891), uma escritora e médium russa do século 19, fundadora da Sociedade Teosófica. Na montagem, Helena retorna encarnada no corpo de uma atriz/médium para revisitar a sua história e esclarecer alguns pontos controversos da sua biografia, nos possibilitando investigar os limites entre verdade e fingimento ou realidade versus ficção, que são caros ao teatro assim como ao misticismo.

Leia Também | Festival online discute literatura e cultura LGBTQIA até sexta-feira, 30

O cenário é a casa da atriz, com pequenos ajustes estéticos para fins dramatúrgicos. A transmissão feita por uma câmera fixa procura reproduzir o ponto de vista de um espectador na poltrona do teatro. A peça discute também o processo de uma atriz incorporar uma personagem, situando-se no limite entre ficção e realidade.

Já peça "Alma Despejada" foi escrita por Andréa Bassitt para comemorar os 75 anos de vida e 56 de carreira da atriz Irene Ravache, completados em 2019. Com muito bom-humor, a instigante montagem, com direção de Elias Andreato conta a história de Teresa, uma senhora com mais de 70 anos que, depois de morta, faz sua última visita à casa onde morava. O imóvel foi vendido e sua alma foi despejada.

Leia Também | Cineteatro São Luiz exibe maratona de Indiana Jones no sábado, 31

Teresa era uma professora de classe média, apaixonada por palavras, que teve dois filhos com Roberto, seu marido, homem simples, trabalhador, que se tornou um empresário bem-sucedido e colocou sua a família no ranking de uma classe média emergente. Em sua visita derradeira, Teresa lembra de histórias e pessoas importantes em sua vida. A personagem transita entre o passado e o presente, do outro lado da vida, sempre de maneira poética e bem-humorada. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

As realidades de uma atriz confinada

00:00 | Jul. 29, 2021
Autor
Tipo Notícia

"Madame Blavatsky" e "Meu Amigo Charlie Brown, o Musical" disponíveis nos dias 31 de julho e 1° de agosto.
"Alma Despejada": exibição no domingo, 1°, às 18 horas
Mais informações: apti.org.br/mostra-de-teatro

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker. Confira o podcast clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags