PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Aulas presenciais da rede municipal de Fortaleza estão previstas para retornar em setembro

Retomada será de forma escalonada das séries, sendo primeiro as últimas etapas da Educação Infantil e primeiras séries do Ensino Fundamental

Mirla Nobre
19:18 | 22/07/2021
As turmas terão 50% da capacidade, seguindo as orientações de segurança para evitar disseminação da Covid-19 (Foto: Barbara Moira)
As turmas terão 50% da capacidade, seguindo as orientações de segurança para evitar disseminação da Covid-19 (Foto: Barbara Moira)

As aulas presenciais das turmas do ensino infantil e fundamental da rede pública de Fortaleza estão previstas para retornar em setembro. A informação foi divulgada pela Secretaria Municipal da Educação (SME) e, de acordo com a pasta, o retorno das atividades será em formato híbrido. O cronograma de retorno deve ser divulgado pela Prefeitura de Fortaleza nos próximos dias. As atividades presenciais nas escolas da rede municipal de Fortaleza estão paralisadas desde o início da pandemia da Covid-19, em março do ano passado.

Para adequação dos alunos, o início das aulas vai acontecer, inicialmente, de forma remota e, em seguida, será realizado uma avaliação diagnóstica presencial dos estudantes, para então ocorrer o retorno presencial dos estudantes. Após o processo de adaptação, a Secretaria prevê a retomada gradual das aulas presenciais de forma escalonada das séries, sendo iniciada as últimas etapas da Educação Infantil e primeiras séries do Ensino Fundamental, ou seja, dos menores para os maiores.

LEIA TAMBÉM | Decreto libera aulas presenciais no ensino superior no Ceará

+ Aulas presenciais na Uece só retornam em 2022

Segundo a SME, ao chegar na fase presencial, os alunos terão aulas presenciais durante uma semana e na outra será no formato remoto. As turmas terão 50% da capacidade, seguindo as orientações de segurança para evitar disseminação da Covid-19. O decreto vigente em Fortaleza libera as aulas presenciais com 50% da capacidade das turmas e oferecimento do ensino híbrido ou remoto para que pais e responsáveis possam escolher entre os dois.

No final do mês junho, a SME destacou que 92% das escolas da rede municipal de ensino estão aptas ao retorno presencial. De acordo com a pasta, das 581 unidades de educação da Capital, 538 estão capacitadas para receber alunos e profissionais. No entanto, o "Relatório de monitoramento das escolas públicas da Rede Municipal de Fortaleza sobre o retorno seguro ao ensino presencial no contexto da pandemia de Covid-19", apontou que grande parte dos colégios ainda não estão adequados para uma volta segura às salas de aula. O documento foi divulgado pelo Conselho de Direitos Humanos do Ceará (CEDDH).