PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Governo inaugura Alameda do Pau-Brasil e Viveiro de Mudas

As inaugurações ocorreram no Parque Adahil Barreto, no Dia Mundial do Meio Ambiente, no fim da manhã deste sábado, 5

18:43 | 05/06/2021
FORTALEZA, CE, BRASIL, 05.06.2021: Dia do Meio Ambiente. Secretário do Meio Ambiente, Arthur Bruno inaugura Alameda Pau Brasil no Parque Adahil Barreto (Thais Mesquita/OPOVO) (Foto: Thais Mesquita)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 05.06.2021: Dia do Meio Ambiente. Secretário do Meio Ambiente, Arthur Bruno inaugura Alameda Pau Brasil no Parque Adahil Barreto (Thais Mesquita/OPOVO) (Foto: Thais Mesquita)

Com capacidade de produção de 40 mil mudas mensais e uma área incorporada ao Parque Estadual do Cocó em 2017, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente inaugurou, no fim da manhã deste sábado, 5, o Viveiro de Mudas e a Alameda Pau Brasil, no Parque Adahil Barreto, no Dionísio Torres.

O local vai focar em espécies nativas do Estado, com estufa e plantio de mudas. Já o boulevard recebeu placa, pintura, limpeza, poda e possui 18 árvores de pau-brasil já adultas e plantadas no início dos anos 2000.

“(O pau-brasil) é uma árvore que quase foi dizimada. É tanto que hoje, no Brasil, há leis ambientais de proteção. Não se pode cortar ou desmatar nenhuma área de pau-brasil porque quase se acabou”, informa o titular da Secretaria do Meio Ambiente do Ceará (Sema), Artur Bruno, durante cerimônia de inauguração da Alameda.

O Dia Mundial do Meio Ambiente foi escolhido para a inauguração para representar, ainda de acordo com Bruno, a preservação. “E a valorização da nossa árvore símbolo que é o pau-brasil, porque as pessoas que andem aqui no parque, que passa por aqui despercebidamente, agora vão saber que aqui é o pau-brasil, árvore-símbolo, que a grande maioria das pessoas no Brasil já ouviu falar nas escolas sobretudo, mas nunca viram”, conta.

Em seguida, a Prefeitura de Fortaleza e o Governo do Ceará entregaram o primeiro viveiro estadual de mudas nativas, localizado em Fortaleza. O projeto é destinado à recuperação de áreas degradadas e visa promover a arborização urbana.

O viveiro de mudas tem como objetivo proteger e produzir espécies nativas de mangues e tabuleiros para serem utilizadas no florestamento e reflorestamento de áreas degradadas, além de ser mais um instrumento para a disseminação da educação ambiental no Parque do Cocó.

O projeto possui o investimento municipal de R$ 410 mil e 2.432,14 m² de área, com capacidade para produção mensal de 40 mil mudas nativas. A unidade está localizada entre as ruas Santa Terezinha e Vicente Leite, sendo instalada no Parque Adahil Barreto, que integra o Parque Estadual do Cocó.